Imagens individuais

4/out/2018 - Explore a pasta 'Direitos Individuais e Sociais' de DEILSON BARROS no Pinterest. Veja mais ideias sobre Direitos individuais, Noções de direito, Direito e justiça. Baixe Individuais fotos no melhor site de banco de imagens, com milhões de fotos, imagens e figuras sem royalties e de alta qualidade premiu com preços acessíveis. Imagens individuais podem ser seleccionadas para impressão no ecrã PictBridge, Para outras opções ver secção de navegação na pág. 110. ca.konicaminolta.com After the batch-print option is chosen, the USB DIRECT-PRINT selection screen will show which images and the number of copies selected. ⬇ Fazer download de Individuais fotografias de stock na melhor agência de fotografia de stock preços acessíveis milhões de fotografias de stock, imagens e desenhos premium de alta qualidade e royalty-free. 8/jul/2015 - Explore a pasta 'bolos individuais' de Erica Oliver, seguida por 102 pessoas no Pinterest. Veja mais ideias sobre Bolos individuais, Bolo, Mini bolos. Procurando uma maneira de criar um menu com imagens individuais (um ícone para cada item da lista) com efeito hover, lembrei de um menu vertical que vi no blog Vagabundia que apresenta este bonito efeito. O que fiz foi estudar o código fonte, entender seu funcionamento e pedir ao JMiur (muito obrigada, de novo!) permissão para publicar este tutorial, que me foi solicitado tantas vezes. Como baixar imagens? Quando eu baixar uma imagem, as marcas d'água estarão no arquivo? É possível comprar imagens individuais? Quais são os limites para o download de imagens? Eu comprei um plano de assinatura. Se eu não baixar minha cota mensal, meus downloads não utilizados serão transferidos para o próximo mês?

More about Belarus color "revolution"

2020.08.27 16:02 Scabello More about Belarus color "revolution"

Text from a amazing marxist virtual magazine from Brazil.

https://revistaopera.com.b2020/08/26/belarus-nacionalismo-e-oposicao/

Belarus: nacionalismo e oposição


As manifestações em Belarus estão recebendo uma grande cobertura nos meios ocidentais, o que se reflete na imprensa brasileira, que se contenta em traduzir e repetir aquilo que é dito em grandes veículos europeus. A amplitude e até a paixão dessa cobertura gera, por efeito de contraste, uma sensação de falta de profundidade, já que em meio de tantas notícias, carecemos até mesmo de uma introdução sobre aspectos específicos do conflito e dos atores que participam dele. O que a cobertura nos oferece, no entanto, é uma narrativa sobre manifestantes lutando contra um ditador em nome da liberdade, discurso fortalecido por uma certa abundância de imagens. Na frente desta luta, a candidata derrotada – alegadamente vítima de fraude – Sviatlana Tsikhanouskaya, uma “mulher simples”, “apenas uma dona de casa”, o símbolo da mudança. Em alguns dos meios de esquerda e alternativos, este posicionamento da grande mídia já gera uma certa desconfiança. Imediatamente surgem perguntas sobre quem forma essa oposição e se podemos fazer comparações com a Ucrânia em 2014, onde uma “revolução democrática” foi acompanhada por grupos neofascistas, ultranacionalismo e chauvinismo anti-russo. Outros já se revoltam contra o reflexo condicionado e declaram que não podemos julgar os eventos de Belarus pela ótica dos eventos ucranianos, e que avaliações não deveriam ser feitas na função inversa da grande mídia. Me deparando com a diversidade de problemas que podem ser desenvolvidos a partir do problema de Belarus, decidi começar com um problema simples de imagem e simbologia, mas que nos traz muitas informações. As imagens que estampam os jornais são dominadas por duas cores: branco e vermelho.

Uma disputa pela história

Uma faixa branca em cima, uma faixa vermelha no meio e outra faixa branca embaixo – esta bandeira domina as manifestações oposicionistas em Belarus. Ela surgiu primeiro em 1919, em uma breve experiência política chamada de República Popular Bielorrussa, órgão liderado por nacionalistas mas criado pela ocupação alemã no contexto do pós-Primeira Guerra, Guerra Civil na Rússia e intervenção estrangeira que ocorreu naquele período. Uma bandeira diferente do símbolo oficial de Belarus: do lado esquerdo, uma faixa vertical reproduz um padrão tradicional bielorrusso, como na costura, em vermelho e branco, do lado duas faixas horizontais, vermelho sobre verde (somente um terço em verde). Bandeira muito similar à velha bandeira da República Socialista Soviética de Belarus, com a diferença que na antiga o padrão tradicional estava com as cores invertidas e na massa vermelha horizontal brilhava a foice-e-martelo amarela com uma estrela vermelha em cima. Os manifestantes também usam um brasão de armas histórico do Grão Ducado da Lituânia, a Pahonia, onde vemos um cavaleiro branco, brandindo sua espada e segurando um escudo adornado por uma cruz jaguelônica. O emblema oficial de Belarus, no entanto, é diferente, correspondendo à simbologia soviética, onde um sol que se levanta sobre o globo ilumina o mapa de Belarus, com bagos de trigo nos flancos e uma estrela vermelha coroando a imagem. Essa diferença entre símbolos do governo e da oposição não é só uma diferença política momentânea, mas remete a uma disputa pela identidade nacional de Belarus, a processos divergentes de formação de consciência nacional, conforme exemplificados por Grigory Ioffe. Quando Belarus se tornou independente da União Soviética nos anos 90, isto aconteceu apesar da vontade popular, sem movimentos separatistas como os que ocorreram vigorosamente nas repúblicas soviéticas bálticas, vizinhas de Belarus pelo norte, ou na parte ocidental da Ucrânia, país que faz fronteira com Belarus pelo sul. Pelo menos até pouco tempo atrás, a maioria dos cidadãos se identificava com a Rússia e concebia a história de Belarus no marco de uma história soviética. Para a maioria da população, o evento mais importante da história de Belarus foi a Grande Guerra Patriótica, isto é, a resistência contra os invasores nazistas, o movimento partisan como primeiro ato de vontade coletiva. É depois da guerra que os bielorrussos se tornam maioria nas cidades do país (antes de maioria judaica, polaca e russa), bem como dirigentes da república soviética – líderes partisans se tornaram líderes do partido. Esse discurso filo-soviético também é acompanhado pela ideia de proximidade com a cultura russa, inclusive a constatação de que é difícil fazer uma diferenciação nacional entre as duas culturas. Em termos de narrativa histórica, isso é acompanhado por afirmações como a de que a Rússia salvou o povo das “terras de Belarus” da opressão nacional e religiosa dos poloneses. Então, figuras históricas da Rússia são lembradas, como por exemplo o general Alexander Suvorov (1730 – 1800), que é celebrado como um herói da luta contra a invasão polonesa das “terras de Belarus” e da Rússia em geral. Essa ideia de união entre Rússia e Belarus é fundamental para o pan-eslavismo. A revolução em 1917 também é considerada um episódio nacional, o começo da criação nacional de Belarus dentro da União Soviética, com sua própria seção bolchevique e adesão dos camponeses à utopia comunista, mas nem isso e nem a história nacional russa superam a Segunda Guerra Mundial como fator de consciência nacional. Contra esta visão surgiu uma alternativa ocidentalizante, que propõe que Belarus é um país completamente diferente da Rússia, que foi dominado pela Rússia e que precisa romper com Moscou para ser um país europeu. Essa tendência tenta afirmar a existência de um componente bielorrusso específico na Comunidade Polaco-Lituana, identificando a elite pré-nacional com nobres locais. Atribuem a “falta de consciência nacional” no país à intrigas externas. Seus heróis de forma geral são heróis poloneses, e celebram quando os poloneses invadiram a Rússia. Se esforçam por fazer uma revisão histórica que justifique a existência de uma nacionalidade bielorrussa atacando a narrativa ligada à Segunda Guerra Mundial, renegando a luta dos partisans e enquadrando sua nação como uma “vítima do estalinismo”, que passa ser comparado com o nazismo como uma força externa. Suas preocupações centrais, além de tentar construir uma história de Belarus antes do século XX, está a preservação da língua bielorrussa em particular, com suas diferenças em relação ao russo. Nessa visão, as repressões do período Stálin deixam de ser uma realidade compartilhada com os russos e outras nacionalidades soviéticas, para ser entendida como uma repressão contra a nação de Belarus, exemplificada principalmente pela repressão de intelectuais nacionalistas. Na tentativa de desconstruir o “estalinismo” e os partisans, os nacionalistas defenderam a Rada Central de Belarus, um órgão colaboracionista criado pela ocupação alemã, que não pode ser chamado sequer de governo títere, mas que adotava a visão histórica dos nacionalistas e fez escolas de língua exclusivamente bielorrussa em Minsk. A Rada foi liderada por Radasłaŭ Astroŭski, que foi para o exílio norte-americano e dissolveu órgão depois da guerra para evitar responsabilização por crimes de guerra. A versão nacionalista não só defende a “posição complicada” dos colaboradores nos anos 40, como revisa positivamente o papel do oficial nazista Wilhelm Kobe, Comissário Geral para Belarus entre 1941 e 1943 (até ser assassinado pela partisan Yelena Mazanik). Argumenta-se que Kobe seria um homem interessado nas coisas bielorrussas e seu domínio permitiu o florescimento nacionalista. Do lado colaboracionista existiu uma Polícia Auxiliar e a Guarda Territorial Bielorrusa, as duas ligadas aos massacres nazistas e associadas a uma das unidades mais infames da SS, a 36ª Divisão de Granadeiros da SS “Dirlewanger”. Depois, foi formada por uma brigada bielorrussa na 30ª da SS. A colaboração usava as bandeiras vermelha e branca, com a Guarda Territorial usando braçadeiras nessa cor. Essas cores seriam retomadas na independência do país em 1991, mas foram muito atacadas por sua associação com a colaboração. Por isso ela foi rechaçada por uma maioria esmagadora em um referendo realizado em 1995, que definiu os símbolos nacionais de hoje e mudou o “Dia da Independência” para 3 de Julho, dia em que Minsk foi libertada das forças de ocupação nazista, em 1944. A visão nacionalista e ocidentalizante é minoritária, compartilhada por algo entre 8% e 10% da população; número que é consistente com o número de católicos do país – um pouco maior, na verdade, o que serve para contemplar uma minoria de jovens de Minsk, que proporcionalmente tendem a ser mais adeptos de uma visão distinta da história soviética. Em 1991, o nacionalismo se reuniu na Frente Popular Bielorrussa, em torno da figura do arqueólogo Zianon Pazniak, que representava uma militância radical, anti-russa, europeísta e guardiã dessa simbologia nacional. O movimento fracassou e parte disso provavelmente se deve à liderança de Pazniak, tido como intolerante. Havia também um movimento paramilitar chamado Legião Branca, que se confrontaria com Lukashenko no final dos anos 90. Estes seriam “os nazis bielorrussos dos anos 90”, pecha que é disputada por seus defensores, que os retratam até mesmo como democratas, mas que é justificada por seus detratores baseada em seu separatismo étnico e intolerância dirigida aos russos apesar de viverem no mesmo espaço e a maioria do seu próprio país falar a língua russa. Ainda assim, o alvo-rubro vem sendo reivindicado como um símbolo de liberdade, democracia e independência: seus defensores vêm tentando firmar a identidade dessa bandeira mais em 1991 do que em 1941. Para todos os efeitos, se tornou um símbolo de oposição Lukashenko, símbolo de “outra Belarus”, com boa parte dos jovens mantendo uma atitude receptiva em relação a ela – um símbolo carregado de controvérsia, mesmo assim. Essas divergências simbólicas escondem diferentes histórias e questões políticas radicais. Além disso, é possível constatar que Belarus tem dois componentes nacionais externos em sua formação: os poloneses e os russos. No plano religioso, o catolicismo associado com Polônia e a ortodoxia associada à Rússia (segundo dados de 2011, 7,1% da população católica, 48,3% ortodoxa e 41,1% diz não ter religião, 3,5% se identificam com outras). Na disputa histórica, existe uma narrativa filo-soviética e outra ocidentalizante. Nesta última década, o próprio governo Lukashenko presidiu sobre uma política de aproximação e conciliação dessas narrativas históricas sobre Belarus, tentando ocupar uma posição mais nacionalista, mesmo que mantendo o núcleo soviético como fundamental. Esta aproximação foi muito criticada por um núcleo duro de patriotas e irredentistas russos. Por outro lado, dentre os manifestantes não necessariamente há uma ruptura total com a narrativa histórica partisan e motivos antifascistas, pelo menos não se buscarmos casos individuais – nesse caso, o uso histórico da bandeira seria ignorado ou superado por outra proposta. Apesar de existir uma oposição que busca lavar a bandeira alvirrubra, é possível identificar nacionalistas radicais na oposição?

Belarus não é Ucrânia – mas pode ser ucranizada?

Pelo menos em meios ocidentais, se afirmou muito que “a crise de Belarus não é geopolítica”. Muitos textos publicados no Carnegie Moscow Center elaboraram em torno dessa afirmação. A declaração da Comissão Europeia afirmou isso. O professor e colunista Thimothy Garton Ash escreveu no The Guardian que sequer se pode esperar um regime democrático liberal depois da saída de Lukashenko, e relata contatos com bielorrussos que dão a impressão de um sentimento ao mesmo tempo oposicionista e pró-russo. Por esse argumento, Belarus é diferente da Ucrânia, as manifestações não têm relação com geopolítica, os bielorrussos até gostam da Rússia e a lógica extrapola ao ponto de dizer que, portanto, Putin tende a apoiá-las. Mais de um texto fala de como a identificação entre bielorrussos e russos, como povos irmãos ou até iguais, “anula” essas questões – isto é, estes textos têm como pressuposto uma solidariedade nacional, uma continuidade entre os dois povos, algo distinto do radicalismo nacionalista. Até parecem acreditar que isto tiraria de Putin o interesse de ajudar Lukashenko ou da Rússia enquadrar esses eventos na sua visão estratégica como algo equivalente ao problema ucraniano. De fato, Belarus não é a Ucrânia. A divisão sobre a identidade nacional não é tão polarizada em Belarus como é na Ucrânia. A divisão regional e linguística, bem como as diferentes orientações geopolíticas, não é tão radical. A marca da colaboração e suas consequências políticas não é tão forte em Belarus como é na Ucrânia – não acredito que o nacionalismo em Belarus está no mesmo patamar do ultranacionalismo ucraniano. No plano da operação política, a comparação com a Ucrânia é feita em função do Maidan de 2014, onde também existem diferenças. O Maidan teve a participação decisiva de partidos políticos consolidados e posicionados dentro do Parlamento, que no momento final tomaram o poder do presidente Yanukovich usando seu poder parlamentar. Partidos ligados a oligarcas multimilionários, com políticos que enriqueceram em negócios de gás, e nas ruas uma tropa de choque de manifestantes formada por nacionalistas bem organizados. Dito isso, devemos olhar para o posicionamento da oposição bielorrussa e não aceitar de forma acrítica as narrativas de que a manifestação não tem nada a ver com geopolítica e que não possuí liderança. Alegam que questões como adesão à OTAN e integração europeia não são primárias na política de Belarus – será mesmo? E essas questões nacionais, não têm relação alguma com as manifestações? Primeiro, um dos movimentos que protagoniza enfrentamentos de rua em Belarus desde outros anos (especialmente nos enfrentamentos de rua de 2010) e se destaca nos meios oposicionistas, inclusive com reconhecimento ocidental, é a Frente Jovem, que é um movimento nacional radical, acusado de filo-fascista e ligado aos neofascistas ucranianos. Este movimento também é ligado ao partido Democracia Cristã Bielorrusa (DCB), o qual ajudou a fundar. Ambos são contra o status oficial da língua russa e querem retirar o russo das escolas. Pavel Sevyarynets, um dos fundadores da Frente Jovem e liderança da DCB, é frequentemente referido como dissidente e “prisioneiro de consciência” foi organizador da campanha “Belarus à Europa”. Ele foi preso antes das eleições como um organizador de distúrbios. A Revista Opera teve acesso ao material de um jornalista internacional que entrevistou um professor de artes bielorrusso, autoproclamado anarquista e defensor das manifestações, que se referiu à prisão de Sevyarynets como um ato preventivo do governo e respondeu a uma pergunta sobre as reivindicações do movimento dizendo que as pessoas tem em sua maior parte bandeiras nacionalistas. Em segundo lugar, cabe ressaltar que um dos principais partidos de oposição e representante das declarações atuais é o Partido da Frente Popular Bielorussa (PFPB), descendente da Frente Popular dos anos 90, um partido de direita, adepto da interpretação nacionalista, hostil à Rússia e pró-europeu. O PFPB, a Democracia Cristã, a Frente Jovem e o partido “Pela Liberdade” são parte de um “Bloco pela Independência de Belarus”. Estes movimentos tiveram vários contatos com grupos neofascistas ucranianos, com a Frente Jovem em específico mantendo relações de longa data e tomando parte em marchas em homenagem a colaboradores como Stepan Bandera e Roman Shukeyvich (que na SS Natchigall foi um carrasco dos habitantes e partisans do sul de Belarus) – diga-se, entretanto, que não necessariamente funcionam da mesma forma que as organizações extremistas. Mesmo movimentos que se organizam como ONGs, com aparência de ativismo genérico e recebendo dinheiro de programas para promover a democracia a partir da Lituânia (que por sua vez direciona dinheiro do Departamento de Estado dos Estados Unidos), servem como organizações nacionalistas, como é o caso da ONG BNR100. Em terceiro lugar, podemos olhar para algumas lideranças de oposição presentes no Conselho de Coordenação formado para derrubar Lukashenko. Foi proclamado que o Conselho de Coordenação é composto por “pessoas destacadas, profissionais, verdadeiros bielorrussos”, por aqueles que “representam o povo bielorrusso da melhor maneira, que nestes dias estão escrevendo uma nova página da história bielorrussa”. Olga Kovalkova, peça importante da campanha de Sviatlana Tsikhanouskaya, que já havia listado pessoas do conselho antes dele ser anunciado oficialmente, em sua página do Facebook. Ela mesma é um dos membros. É graduada pela Transparency International School on Integrity e pela Eastern European School of Political Studies (registrada em Kiev, patrocinada pela USAID, National Endowment for Democracy, Open Society Foundation, Rockefeller Foundation, Ministério das Relações Exteriores da Polônia, União Europeia e estruturas da OTAN). Kovalkova é co-presidente da Democracia Cristã Bielorrussa; defende a saída de Belarus da Organização Tratado de Segurança Coletiva (OTSC; Tratado de Takshent), a separação do Estado da União com a Rússia e a retirada do russo da vida pública. O outro co-presidente da DCB, Vitaly Rymashevsky, também está no conselho. Ales Bialiatski, famoso como defensor dos direitos humanos e que foi preso sob acusação de enganar o fisco a respeito da extensão de sua fortuna, também fez parte do movimento nacionalista da Frente Popular de Belarus, do qual foi secretário entre 1996 e 1999 e vice-presidente entre 1999 e 2001. Também é fundador da organização Comunidade Católica Bielorrussa. É presidente do Viasna Human Rights Centre (financiado por Eurasia Foundation, USAID e OpenSociety) e recebeu o prêmio liberdade do Atlantic Council, além de prêmios e financiamentos na Polônia. Sua prisão em 2011 foi baseada em dados financeiros fornecidos por promotores poloneses e lituanos, enquadrado por um artigo de sonegação da lei bielorrussa.
Na hoste dos nacionalistas mais comprometidos representados no Comitê de Coordenação temos também Yuras Gubarevich, fundador do partido “Pela Liberdade”, antes um dos fundadores da “Frente Jovem” e foi durante anos liderança do Partido Popular; uma das grandes lideranças oposicionistas.
📷
Pavel Belaus é ligado à Frente Jovem, um dos líderes da ONG Hodna e dono da loja de símbolos nacionalistas Symbal. Ele também é ligado ao movimento neofascista ucraniano Pravy Sektor e esteve envolvido na rede de voluntários bielorrussos para a Ucrânia. Andriy Stryzhak, do BNR100, ligado ao Partido da Frente Popular, coordenador da iniciativa BYCOVID19. Participou do Euromaidan, de campanhas de solidariedade com a “Operação Antiterrorista” de Kiev no leste da Ucrânia e de articulação com voluntários bielorrussos. Andrey Egorov promove a integração europeia. Alexander Dobrovolsky, líder liberal ligado ao velho eixo de aliados de Boris Yeltsin no parlamento soviético, é pró-ocidente. Sergei Chaly trabalhou em campanhas de Lukashenko no passado, é um especialista do mundo financeiro, ligado a oposição liberal russa e pro ocidente. Sim, também existem elementos de esquerda liberal ligados ao Partido Social Democrata de Belarus (Hromada), uma dissidência do PSD oficial, que é a favor da adesão à União Europeia e da OTAN. Dito isso, não falamos o suficiente da influência nacionalista. Tomemos por exemplo o grupo Charter 97, apoiado pelo ocidente, principalmente pela Radio Free Europe, que se estiliza como um movimento demo-liberal. Dão espaço para a Frente Jovem, onde naturalmente seu líder pode chamar os bielorrussos que combatem na Ucrânia de “heróis” pois combatem a “horda” (se referindo a Rússia da mesma maneira que o Pravy Sektor). Voluntários bielorrussos combateram ao lado de unidades do Pravy Sektor e do Batalhão Azov. Durante as manifestações, o Charter 97 publicou, no dia 15 de agosto, um texto comemorando o “Milagre sobre o Vistula: no dia 15 de agosto o exército polonês salvou a Europa dos bolcheviques” e “Dez Vitórias de Belarus”, em que a Rússia é retratada como “inimigo secular” dos bielorrussos. Ações de ocupação de poloneses contra a Rússia são celebradas como “vitórias bielorrussas”. É importante também observar o papel que padres católicos vêm cumprindo nas manifestações, inclusive se colocando à frente de algumas delas. O bispo católico Oleg Butkevich questionou as eleições no dia 12 de agosto. Pelo menos em Lida, em Vitebetsk, Maladzyechna e em Polotsk, clérigos organizaram manifestações. Em Minsk, tomou parte o secretário de imprensa da Conferência de Bispos de Belarus, Yury Sanko. Em Polotsk, sobre a justificativa de ser uma procissão, o padre Vyacheslav Barok falou do momento político como uma “luta do bem contra o mal”. É claro que padres católicos podem participar de movimentos políticos de massa, eles também são parte da sociedade, mas este dado não deixa de ter uma significação política específica, visto que os radicais do nacionalismo bielorrusso se organizam no seio da comunidade católica. Ao mesmo tempo, isso gera ansiedade em um “outro lado”, no que seria um lado “pró-russo”, não só por conta de conspirações sobre “catolicização” do país, mas por ter visto na experiência ucraniana a associação de clérigos do catolicismo grego a neofascistas e eventualmente o Estado bancando uma ofensiva contra a Igreja Ortodoxa russa, o que inclui tomada de terras e expropriação de templos. O mesmo problema está ocorrendo neste ano com os ortodoxos sérvios em Montenegro; existem dois precedentes recentes no mundo religioso cristão ortodoxo que podem servir para uma mobilização contra as manifestações.

Programa de oposição: em busca do elo perdido

A candidatura de Tikhanovskaya não tinha um programa muito claro fora a oposição a Lukashenko. Porém, um programa de plataforma comum da oposição, envolvendo o Partido da Frente Popular, o Partido Verde, o Hramada, a Democracia Cristã e o “Pela Liberdade” chegou a ser formulado em uma “iniciativa civil” envolvendo estes partidos e ONGs que estava no site ZaBelarus. Depois, parte deste programa foi transferido para o portal ReformBy. Quando o programa passou a ser exposto no contexto das manifestações (por volta do dia 16), a oposição tirou o site do ar, mas ele ainda pode ser acessado com a ferramenta Wayback Machine. O programa quer anular todas as reformas e referendos desde 1994, retornando à Constituição daquele ano (e conforme escrita pelo Soviete Supremo). Se compromete a retirar da língua russa seus status oficial, além de substituir a atual bandeira por uma vermelho e branca. Existe uma proposta de reforma total de todas as instituições: bancárias, centrais, locais, judiciais, policiais, militares.
O programa também tem uma sessão dedicada à previdência, criticando o sistema de repartição solidária de Belarus como “falido” e responsável por uma “alta carga tributária sobre os negócios”. Propõem “simplificação”, “desburocratização” e “alfabetização financeira da população” para que esta assuma sua parcela de responsabilidade pela aposentadoria. O sistema seria “insustentável” no ano de 2050 por razões demográficas. Também criticam o “monopólio” da previdência pública, “sem alternativas no mercado”. A proposta oposicionista é de contas individuais de pensão com contribuição obrigatória, mas sem eliminar o sistema solidário, tornando o sistema “baseado em dois pilares”; elevar a idade de aposentadoria das mulheres (57) para igual a dos homens (62); “desburocratização” através da eliminação e fusão de órgãos públicos de seguridade social; eliminar diversos tipos de benefício e igualar os valores para todos os cidadãos (independente da ocupação). Essas propostas previdenciárias em específico são assinadas por Olga Kovalkova. Na seção de economia, o programa fala de um “problema do emprego” criticando as empresas estatais e demandando flexibilização da legislação, “incentivos para os investidores”, “uma política macroeconômica de alta qualidade, i.e. inflação baixa, política fiscal disciplinada, escopo amplo para a iniciativa privada”; “o mercado de trabalho é super-regulado”, diz o documento. “Melhorar o ambiente de negócios e o clima de investimentos”, “tomar todas as medidas necessárias para atrair corporações transnacionais”, “privatização em larga escala”, “criação de um mercado de terras pleno”, “desburocratização e desmonopolização da economia”, “adoção das normas básicas de mercado e padrão de mercadorias da União Europeia”, enumera o programa dentre as diversas propostas, que incluem privatização de serviços públicos e criação de um mercado de moradia competitivo. Até aqui, com exceção da referência à língua russa, estamos falando mais de neoliberais do que nacionalistas propriamente. Podemos dizer também que pontos como adoção de padrões europeus e reformas econômicas influenciam a questão geopolítica. Ainda assim, boa parte dessas reformas econômicas também são defendidas por Viktor Barbaryka, empresário bielorrusso que era tido como principal candidato de oposição a Lukashenko que está preso por crimes financeiros; Barbaryka é considerado um “amigo do Kremlin”, pró-russo. Existe uma seção perdida, a seção de “Reforma da Segurança Nacional”. Na primeira semana de protestos, surgiu na rede uma suposta reprodução do conteúdo dessa seção¹. O conteúdo é uma análise ocidentalista que enquadra o Kremlin como uma ameaça, propondo a saída do Tratado de Takshent, da União com a Rússia e medidas para fortalecer o país com “educação patriótica”. Muitos temas que já foram vistos na Ucrânia, com a identificação do Kremlin como uma ameaça tendo como consequência a proposição de medidas contra “agentes do Kremlin” dentro do país, na mídia e na sociedade civil (e, dentre elas, uma proposta de “bielorrussificação” das igrejas). Tão logo isso passou a ser denunciado na primeira semana depois das eleições, o site inteiro foi tirado do ar. A oposição, tendo entrado em um confronto prolongado que pelo visto não esperava (contando com a queda rápida de Lukashenko) sabe que esse tipo de coisa favorece o governo e cria um campo favorável para ele, por isso agora tentam se dissociar, falando deste programa como produto de uma iniciativa privada, apesar de ser uma articulação política envolvendo líderes da oposição. Tanto seus elementos de reforma econômica combinam com o que diziam políticos de oposição liberal em junho, como as supostas posições geopolíticas casam com os nacionalistas que tomam parte da coalizão (e na verdade, é um tanto óbvio que pelo menos uma parte considerável dos liberais é pró-OTAN). No mesmo dia que tal documento foi exposto na mídia estatal bielorrussa – e mais tarde, comentado por Lukashenko em reunião do Comitê Nacional de Defesa – o Conselho de Coordenação declarou oficialmente que desejam cooperar com “todos os parceiros, incluindo a Federação Russa”. Desinformação? Por mais provocativas que sejam as posições do suposto trecho do programa, é fundamentalmente o discurso normal de nacionalistas e liberais atlantistas em Belarus; agora que os dados foram lançados, é natural que a direção oposicionista que não reconhece os resultados das eleições procure se desvencilhar desses posicionamentos estranhos aos seu objetivo mais imediato, que é derrubar Lukashenko.² Ainda que os manifestantes possam ter motivações diversas, a situação atual está longe de ser livre do peso da geopolítica e das narrativas históricas que sustentam o caminhar de um país.
Notas:¹ – Procurando o trecho em russo no Google com um intervalo de tempo entre o primeiro dia de janeiro de 2020 até o primeiro dia de agosto (isto é, antes disso virar uma febre na rede russa), o próprio mecanismo de pesquisa oferece uma página do “Za Belarus” que contém o trecho, mas com um link quebrado – sinal de que há algum registro no cache do Google. A data é dia 25 de junho.
² – O Partido da Frente Popular da Bielorrússia acusou Lukashenko de “fake news” ao divulgar o que seria o seu programa como se fosse de Tikhanovskaya, tratando as medidas como “inevitáveis para Belarus” porém “fora de questão” no momento. O programa, naturalmente, é marcado pela retórica nacionalista e defende adesão de Belarus na OTAN, mas não usa o mesmo palavreado. Da mesma forma o programa do PFPB também tem princípios liberais-conservadores na economia.
submitted by Scabello to fullstalinism [link] [comments]


2020.06.25 14:41 forceloco Resumão do projeto de lei que institui a Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência na Internet, do Sr. Alessandro Vieira (conhecida como "A Lei da Mordaça", "Lei das Fakenews" ou "O Fim da Liberdade de Expressão")

Pontos importantes, resumidos

  1. A Lei não se aplica ao provedor de aplicação que ofereça o serviço de rede social ao público brasileiro e que possua menos de dois milhões de usuários registrados.
  2. Aplica-se para empresas de fora do Brasil também (então Facebook e Twitter entram nessa), desde que ofertem serviço ao público brasileiro ou possua estabelecimento no Brasil (então Facebook e Twitter com certeza entram nessa).
  3. O PL considera "desinformação" o conteúdo que em parte ou no todo é inequivocadamente falso ou enganoso, passível de verificação, colocado fora de contexto, manipulado ou forjado, com potencial de causar danos individuais ou coletivos, ressalvando o ânimo humorístico ou de paródia.
  4. O PL faz distinção de contas autênticas e contas inautênticas. A segunda é a conta com finalidade de disseminar desinformação ou assumir identidade de terceira pessoa para enganar o público.
  5. O PL diz se que se aplica às redes sociais e serviços de mensageria privada. A distinção é importante para pegar tanto o Facebook (como rede social) como o WhatsApp. Neste caso, talvez até o Telegram se enquadre.
  6. O PL tenta proibir a criação de contas inautênticas.
  7. O PL obriga os provedores de aplicação a mostrarem o número de postagens destacadas, removidas e/ou suspensas, com os devidos motivos, localização e metodologia. Aqui vai um ponto para o projeto por tentar (ainda que na base da coerção da lei) dar mais transparência a estes processos das redes sociais. Além destes números, também tem o número de remoções ou suspensões que foram revertidas e a comparação, com métricas históricas, de remoção de contas e de conteúdos no Brasil e em outros países (o que convenhamos: os caras já devem ter, mas não são públicos).
  8. O PL obriga os provedores a limitar o número de encaminhamentos de uma mesma mensagem a no máximo 5 usuários ou grupos, e limita o número de pessoas num grupo para 256 membros. Em período de propaganda eleitoral o limite de encaminhamento cai para uma pessoa ou grupo por vez.
  9. O PL obriga o provedor a obrigar o usuário a declarar, no momento da abertura da conta, se a conta criada empregará disseminadores artificiais ou se ela será gerenciada por serviços de intermediários de terceiros (bots).

Comentários sobre o projeto

#1

O primeiro ponto é que há uma grande incentivo aqui para descentralizar as redes sociais. O motivo do incentivo em si é ruim (patrulha do governo), porém o resultado, se obtido, é excelente: descentralização da informação. O perigo é futuras alterações nesta lei para diminuir essa quantidade (de 2 milhões de usuários para menos de milhão, por exemplo, ou remover completamente este requisito).

#2

Obviamente a Lei seria aplicada às redes americanas (Facebook e Twitter, principalmente).

#3

O item 3 tira memes da patrulha (ufa, pelo menos isso). É interessante ressaltar que as questões de "colocado fora de contexto" e "manipulado ou forjado" atingem ambos os extremos do espectro político. Convenhamos: a política - especialmente em ano eleitoral - é uma corrida de quem joga mais sujeira no outro, enquanto tenta se exaltar para a população.
Aqui eu lembro de uma postagem do partido da Marina Silva, o Rede, sobre o projeto de saneamento básico que foi aprovado ontem. Foi postado nas redes sociais com toda aquela ladainha de "a água é um recurso público", "o estado tem o dever de garantir água", etc. O problema é que acompanhado desses pontos já absurdos por natureza, estava também acompanhado de informações falsas e propositalmente distorcidas para fazer o PL parecer pior do que é. A Lei das Fakenews poderia ajudar neste caso, uma vez que a postagem foi feita no Facebook, que se enquadra no escopo de atuação desta Lei? Fica o questionamento.

#6

O PL tenta vedar a criação de contas inautênticas. Uma conta inautêntica é, segundo o projeto:
conta criada ou usada com o propósito de disseminar desinformação ou assumir identidade de terceira pessoa para enganar o público;
O problema aqui é aquele famoso dilema de "como verificar todas as contas?" Que é tecnicamente desafiador, para dizer o mínimo. Se exigir CPF, então qualquer um pode pegar um CPF gerado aleatoriamente online. Se exigir número de telefone, idem: é fácil comprar um número pré-pago. Como essa verificação será feita? Aí que entra o parágrafo terceiro, na Seção I, das Disposições Gerais:
Dada a natureza complexa e em rápida mudança do comportamento inautêntico, os provedores de aplicação devem desenvolver procedimentos para melhorar as proteções da sociedade contra comportamentos ilícitos, incluindo a proteção contra o uso de imagens manipuladas para imitar a realidade, observado no disposto do §1º deste artigo.
Observem que "melhorar as proteções" é vago. O Twitter pode alegar, por exemplo, que coloca a opção de "marcar tweets como NSFW" para contas que têm conteúdo de educação sexual gratuito (se é que me entendem). É uma forma de proteção? É. Efetiva? Questionável. Como uma rede social como o Facebook ou o Twitter farão para proteger os floquinhos contra imagens manipuladas para imitar a realidade? O autor provavelmente não sabe como Photoshop funciona, nem que a maioria das imagens manipuladas nas redes é meme (que se enquadra na exceção à Lei).

#7

Ainda que seja uma "coerção do bem", é inegável o fato de que redes sociais como o Twitter, Facebook e até mesmo o Reddit censuram descaradamente algumas postagens e não informam o motivo real. O PL obriga a divulgação da metodologia utilizada na detecção da irregularidade. Seria uma cutucada nos censores destas redes para divulgarem o motivo real? O "porque eu quis"?

Conclusão

Esse PL é mesmo uma coerção (especialmente, principalmente, para as empresas). Só que um ponto interessante é que em nenhum momento fica explícita a necessidade de identificar cada usuário (como a tal exigência de CPF, RG, etc que muita gente vem falando). Imagino que esse ponto delicado seja com relação à criação da conta (na parte de "vedar a criação de contas inautênticas"). O debate não deveria ser "como impedir a criação de uma conta inautêntica, de acordo com o PL, sem parecer que estamos em um estado de vigilância constante?"
Fonte: https://legis.senado.leg.bsdleg-gettedocumento?dm=8110630&ts=1593045833518&disposition=inline
submitted by forceloco to brasilivre [link] [comments]


2020.05.03 21:31 aquele_inconveniente A perda dos ideias democráticos e de liberdade em Portugal com o Covid-19

Introdução
Olá a todos, costumo seguir este fórum mas nunca tinha tirado tempo para criar uma conta e poder colaborar em vez de ser um mero consumidor.
O clima actual em relação ao virus e às respostas dos diferentes governos mundiais à crise, em conjunto com as opiniões tenho visto neste fórum fizeram-me pensar se em Portugal (e no mundo) se valoriza verdadeiramente os ideias de liberdade. Gostava que lessem a minha argumentação e comentassem de forma civilizada, seja qual for a cor partidária ou ideologia do comentador e sem insultos a mim ou a outros comentários. Gostava de pôr a etiqueta "sério" mas não sei como.
Argumento usado pelo governo português (implicitamente)
Este argumento pode ser reescrito genericamente como:
Evitar a morte de muitos é preferível a liberdades individuais. A mata muita gente, B minimiza significativamente A mas restringe liberdades, logo B deve ser efectuado.
Relembro que a gripe mata perto de 3 mil pessoas por ano em Portugal e que doenças respiratórias por bactérias ou vírus chegam a matar perto de 15 mil por ano (ou outro número parecido mas não me lembro ao certo)
Outros cenários em que este argumento foi usado em Portugal
Fazendo uma abstração da situação actual, este tipo de argumento tem sido usado sempre para defender autoritarismos que em teoria reduzam o número de vítimas de um dado fenómeno ( muitas vezes reduzindo efectivamente esse número de vítimas.
Dois exemplos recentes na história portuguesa:
Conclusão
Sei que o paralelo nunca é perfeito mas é fundamentalmente uma forma de pensar semelhante. Segurança e vida humana tendo primazia sobre a liberdade do indivíduo.
Não deixo de pensar que em vários momentos da história existe histeria de massas que leva a que os acontecimentos vão por um caminho que não pode depois ser retraçado e que esse mesmo caminho passa a ser o único com sentido àqueles que o trilham. No caso da guerra em Angola, quando foram divulgadas as imagens do massacre da UPA que matou milhares de negros e brancos no 15 de Março de 1961, o choque fez muitos do que viviam na altura não pensar duas vezes em relação à resposta que foi dada. Da mesma forma que muitos de nós vendo notícias de cadáveres em ringues de patins em gelo em Espanha e médicos a escolher quem vive e quem morre na Itália, e depois da confusão da China em Wuhan, também não hesitamos em pensar que aquilo que tínhamos de fazer era abdicar de liberdades individuais para salvaguardar vidas.
Penso que agir como estamos a agir é um nada contraditório contra aquilo que tanto se apregoa, de que a liberdade é mais importante que a segurança, que não devemos que o medo nos faça entregar os nossos direitos a um Estado, ainda que temporariamente. Uns podem dizer "isto é um tema de saúde, não confundas com organizações políticas", mas no final é de novo o binómio segurança/vidas vs liberdade.
Dito isto, não quero argumentar nem que se argumente contra o acto altruísta de nos fecharmos em casa por vontade própria, para salvaguardar os outros. Simplesmente à imposição desse acto.
Perguntas para debate:
  1. A vida humana é mais importante que liberdade em todas as situações? Ou só quando o agressor dessas vidas é um organismo ao invés de um ser humano?
  2. Será que as decisões que tomamos enquanto sociedade permitirão um pender mais favorável ao autoritarismo em Portugal e quais as suas consequências?
submitted by aquele_inconveniente to portugal [link] [comments]


2020.05.01 00:44 TheCaraqmoranextdoor Guiazinho sobre Fake News. Minha abordagem e visão sobre o tema, e como combatê-la.

Acredito que a maioria de vocês compreendam como e para que(m) as notícias falsas trabalham. O risco de cair no óbvio é natural, mas com esse post eu gostaria de fazer o exercício da escrita e, talvez, ajudar a compreensão coletiva da força motriz do atual governo.
Vale notar que aqui escrevo minha visão e entendimento particular do fenômeno, de como fiz um apanhado de informações diferentes e juntei numa hipótese geral. As bases e conclusões são tirados de textos e debates que venho acompanhando sobre o assunto já há algum tempo.
Sem mais delongas, vamos a isto:
0. O Nascimento 
O processo todo começa de maneira dissimulada e insidiosa. Depois de um tempo, a partir de ligações lógicas muito simplórias, começam a tomar corpo e ficar cada vez mais sérias - as vezes sem sentido também.
Começa como uma piada, um relato de violência, um pânico com o estrangeiro. Conversas coloquiais, aquelas de botequim de quem não tem nada melhor a dizer e tem que manter a conversa rendendo enquanto a cerveja não acaba.
Um meme aparentemente inofensivo que exalta um político corrupto ou até mesmo vídeos informativos sobre o poderio militar de um país podem fazer parte de um esquema maior. Não quero dizer que obrigatoriamente fazem parte de uma grande conspiração mundial, mas, propositadamente ou não, lançam bases para o ataque aberto das fake news. É a preparação de um terreno para ser plantado.
Se você quiser fazer uso do método, você precisa de um ambiente propício. Esse ambiente pode ser muito bem fabricado, não importa se tem conexão com a realidade ou existe elos lógicos, ele só precisa existir na mente da população.
O que você precisa aqui é de propaganda. Muito melhor que você elaborar uma propaganda formal para TV, que é claramente verticalizada, de lenta elaboração e toda engessada, é fazer conteúdos imagéticos simples, toscos até, bem característicos da internet.
A circulação de memes ou de imagens que poderiam ser feitas por qualquer um tem uma penetração muito maior no imaginário da população. A aparente horizontalidade é outro pilar pra aceitação rápida e fácil por seus pares.
A propaganda boca a boca é a alma da fake news, ela confere o poder, ironicamente, da democracia para o convencimento de seus semelhantes. Claro que uma ajudinha da TV sempre é bom, principalmente se você for polêmico e controverso. Polêmica dá audiência, ambos saem “ganhando”.
1. O Público 
Vamos definir logo as coisas. Existem as pessoas que caem em fake news e pessoas que as fabricam. A convencida não o faz por mal, ela é levada por um caminho mais fácil de corrigir seus problemas; estas são mais fáceis de se arrepender. As fabricadoras não, elas tem consciência da mentira espalhada e ainda assim passam adiante porque vê algum lucro com toda essa situação. Como sempre existem os enganados e os enganadores.
As mentiras, difamações e notícias falsas são como uma carta sem remetente. Elas têm endereço certo de entrega, mas ninguém sabe quem enviou.
Toda fake news tem uma personalização na hora de ser enviada. A estratégia nunca é atacar todos com um conteúdo só, mas dividir a população em grupos compostos por personas, cada uma no seu quadrado e com sua vulnerabilidade exposta. Públicos diferentes reagem de maneiras distintas a cada estímulo ao qual são expostos. Logo, a personalização é fundamental para que a notícia faça o maior estrago possível.
Agora quem é esse público?! Todo e qualquer um que se julgue vulnerável.
Há muito mais tipos de personas, mas acho que já deu pra perceber que todas tem duas coisas básicas em comum: frustração e desejo de mudança/vingança.
Essa generalização nos leva ao próximo ponto do método.
2. Os Sentimentos 
Fake news não lidam com verdade ou mentira, fatos ou factoides, coerência ou incoerência. Esqueça a racionalidade, a checagem de notícias e a argumentação lógica. As Fake News miram nos sentimentos! O negócio é provocar reações profundas em seus receptores. Quando você atinge o sentimental de uma pessoa o racional é desligado e ela age no instinto. Por isso não adianta em nada apelar para a razão, estas pessoas estão sendo movidas pelas entranhas!
É aterrador, mas a racionalidade, a ciência e a verdade não tem chance mínima contra as fake news, não tem vez. Temos que aceitar esse fato para podermos compreender e reagir de maneira adequada a esse esquema.
O método tem primordialmente dois momentos, que sempre se confundem.
O coração da fake news é o estado de revolta constante imposto aos militantes. A dúvida é o sangue. A intenção é sempre instigar a cólera e a dubiedade. Cólera, não é a doença, é um estado psicológico no qual o indivíduo perde completamente as faculdades mentais e entra em modo berserker. A adrenalina é despejada a toda no sangue, a visão escurece e foca num ponto específico e o corpo se movimenta de modo automático para atacar seu alvo.
Imagine esse estado a todo momento, de forma mais incubada, mais omeopática, um rancor explosivo. É assim que as vítimas vivem todos os dias.
Uma dica breve, você consegue acalmar alguém que está com raiva. Você consegue dialogar com alguém que te odeia, mas você não deve sequer chegar perto de quem está em estado colérico, principalmente se ela portar uma arma. Pelo bem da sua saúde física.
Vale ressaltar que há uma outra tática muito bem executada pelo método para fidelizar essas pessoas. Inicialmente a tática é reunir as pessoas em grupos de perfis sempre mt semelhantes. Crentes com crentes no wpp, incels com outros incels nos chans e por aí vai.
As bolhas das mídias digitais são peça fundamental do meio onde será propagado as mentiras e organizar as vítimas. Sem elas talvez tivéssemos sim esse movimento global, mas de forma mais demorada e em menor escala. YouTube, grupos de Facebook - olá Cambridge Analytica, a precursora do mal - grupos de WhatsApp, Twitter, Chans, Fóruns online, Reddit... Todos esses sites e serviços são modos de nos conectarmos a nossos semelhantes e, claramente, o melhor método de disseminar as notícias falsas. As bolhas são o melhor meio para as fake news personalizadas serem espalhadas.
Além de facilitar o trabalho de distribuição de fake news, cria-se uma identidade e um sentimento de pertencimento a um grupo. Nesses tempos de globalização, sentir-se parte de um pequeno grupo é necessário para manter-se o engajamento desse público, dar uma cara e um objetivo comum para todos lutarem por ele.
Algo a se notar é a perda da identidade individual em prol de uma compartilhada. É uma característica meio fascista, meio comunista, é estranho pra quem supostamente luta pelas liberdades individuais. Não à toa aqui chama-se esse público de gado.
3. A manutenção 
A etapa anterior é fundamental para a manutenção. Se o indivíduo se sentir cada vez mais só numa causa, maior a chance dele a abandonar.
Imaginem o bater de palmas: começa quase sempre por poucos indivíduos, toma corpo muito rápido e depois diminui quando o ritmo decai. Ao passo que as pessoas vão vendo que os outros estão deixando de aplaudir ela para também. Morre assim as palmas. Morre o movimento.
Como não se pode deixar o gado morrer de inanição por causa da fome, existe um alimento básico e diário para o rebanho se manter forte e aguerrido.
3.1 O inimigo 
Por que dia sim, dia não o presidente solta uma controvérsia?! Então, é pra não deixar o movimento morrer, os sentimentos esfriarem. A guerra constante é fundamental pra manter a base atuante. A paranoia e a dúvida constante são fundamentais no psique da turba, nunca se esqueçam.
Mas guerra contra quem?
Contra quem simplesmente não importa. Por quê? Porque você pode eleger seu inimigo.
Os Comunistas, a esquerda, o PT, o Lula, a Rede Globo, o STF, os cientistas, a democracia, a constituição, o Congresso, o time do Vasco da Gama, o vizinho gato que troca de roupa com as cortinas fechadas, a ilha de Madagascar e o Rei Julian.
Não importa o nome, o inimigo tem que existir, mesmo que ele nem seja real. Você não mobiliza um exército pra sequer lutar. A movimentação e as batalhas tem que ser travadas todos os dias, é peça fundamental do método. Como disse anteriormente, se os militantes não estiverem sempre em batalha, a paz reina e as palmas cessam. O plano fracassa.
A parte interessante dessa guerra contra um moinho de vento é que ele retroalimenta todo o sistema de fake news. É um sistema simbiótico onde a mentira alimenta o sentimento negativo, que dá cacife para a inserção do discurso de ódio, que alimenta a ação da militância, que, obviamente, vai provocar uma defesa por parte do atacado. No momento que o inimigo reage o sistema volta pra primeira etapa e a roda volta a girar.
3.2 O Messias 
Todos nós quando estamos nos afogando temos o reflexo de procurar algo para se segurar e apoiar. Este mesmo reflexo é usado e abusado no funcionamento das fake news. Você está desesperado, em estado constante de dúvida, pra todo lugar que você olha tem alguém querendo te roubar, do seu vizinho ao seu político. A vida realmente parece sem saída.
“E conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará.” João 8:32
No meio do caos aparece uma pessoa que te dá respostas. Que te dá soluções que satisfazem tuas necessidades, não só as físicas, mas os anseios inibidos de violência e justiça – vingança. Ele é quase um líder profético, ele nos abraça com suas soluções, seu vocabulário idêntico ao nosso mostra que é um de nós, ele passa por cima das regras e normas que tanto temos raiva. Ele é praticamente um mito vivo.
A crença, por necessidade ou por interesse, é manobrada com certa maestria pelos financiadores do método. Eles pinçam a crença, que no nosso caso é cegada propositadamente, e logo depois apresenta alguém na qual a pessoa possa depositar sua fé, sua mais pura confiança.
E quando me refiro a fé e crença, não é só dos religiosos, que, diga-se de passagem, são os maiores apoiadores do presidente atualmente, mas de qualquer um que veja nesta figura messiânica forjada uma possibilidade de mudança.
Existem os gamers e geeks que acreditam ser os impostos a maior barreira para consumirem suas mídias e gadgets. Os libertários de internet que culpam o Estado pela “falta de liberdade econômica” do mercado. Temos até mesmo os militaristas indignados que, para resolver a situação da violência, precisamos ser mais violentos ainda. A lista vai longe e todos estes grupos supracitados estão em condição vulnerável, tanto para acreditar quanto para seguir o Messias de fake news.
Como todo bom Messias, ele tem discípulos, apóstolos que são encarregados de espalhar sua palavra. Aqui coloco duas peças fundamentais, os digital influencers e os empresários financiadores de disparos em massa.
O Messias nem sempre tem tempo de discutir e promover a baderna necessária para estar sempre em voga. Para isso, seus apóstolos, nossos influencers, estão sempre ativos para fazer a defesa de seu patrão. Não se engane, eles são pagos e recebem informações e fake news de cima, algo realmente verticalizado, para que possa se criar mais uma narrativa da semana.
Os influencers gozam também de uma maior informalidade e proximidade de seu microcosmo. Podem ser ex-jornalistas ou ex-cientistas para dar aquele verniz formal pro resto da sociedade, mas a maioria são pessoas comuns. Novamente, essa aproximação e aparente democracia, ajuda na identificação dos seguidores e no seu acirramento. A pessoa não é um simples seguidor, ela é um membro de uma seita, ela se deixa cegar para participar do grupo e estar mais próximo de seu mestre.
Os empresários, amigos de seu Messias, são os grandes responsáveis pela fase de overload. Sem eles, os bots e as inundações de notícias falsas, que devem ser criadas, não existem. Obviamente nem tudo parte de cima pra baixo, nessa pirâmide disfarçada de plano 2D, as vezes você precisa de um empurrãozinho e os próprios membros fazem o trabalho de graça. Mas sempre precisa de um empurrão inicial!
Por isso bots e compartilhamentos em grupos são tão preciosos na formulação de uma mentira. A intenção é sempre fazer o volume vencer a qualidade. O objetivo, novamente, é por dúvida na cabeça dos seguidores e criar uma narrativa distorcida da realidade para que elas se esqueçam do erro do chefe supremo e embarquem em uma nova jornada. Todos os dias.
Sem dinheiro, as fake news têm os dias contados. Há sempre um gabinete, um grupo muito bem articulado para apontar e executar a ordem do dia.
E por último, todo Messias que se preze é perseguido e tentado calar. Ele até sofre tentativas de homicídio. Toda essa perseguição é assumida por seus seguidores, é algo como se “mexeu com ele, mexeu comigo”. Sua turba sente na pele os ataques que seu Mito sofre, merecidamente, por mais simples que seja, como uma discordância.
Coincidência com a realidade? Pois é, é porque é mesmo.
4. Falhas do método 
O problema maior do método é ao mesmo tempo uma de suas finalidades. Destruir, desagregar, explodir. Caos. Apesar do paradoxo, necessidade de agrupar as pessoas para que elas caotizem tudo, é nessa lógica que eles operam. E dá muito certo, muito mesmo, as eleições de vários países provam isso. Mas por quanto tempo?
Com o passar do tempo os grupos de WhatsApp ou Facebook começam a implodir. Ter debandadas e discussões cada vez mais acirradas. A radicalização é a tônica do processo. Nem todo mundo gosta de radicalismo, na verdade poucas são as pessoas naturalmente inclinadas para os extremos, vide nossa política em tempos normais. As pessoas são levadas para as pontas em situações muito adversas, como a que estamos vivendo.
Cansa estar sempre no extremo.
É cansativo a cada dia que passa ter que defender algo no qual não se aceita completamente. A falta de diálogo e somente a repetição uníssona de um discurso fixo e batido leva a estafa dos membros. Alguns aguentam mais por crença ou por lucro, outros menos, é natural.
A entropia destes agrupamentos é inevitável, afinal a destruição está marcada no DNA deles.
E quando de fato houver rachas teremos grupos mais e mais fanáticos e perigosos, outros arrependidos, outros envergonhados e outros mais moderados.
Podemos observar esse fato com a demissão do ministro símbolo do combate à corrupção. O mesmo fato também é interessante de se observar a lentidão das reações às acusações feitas pelo ex-ministro.
Foram horas de apagão nas redes bolsonaristas. Horas! Enquanto o presida sofria na TV e na internet, os influenciadores simplesmente não sabiam o que dizer, o que atacar, e realmente se atacar. Estavam sem norte, sem uma cabeça que os dissesse o que reproduzir. Somente depois do “discurso” presidencial o ataque a Sérgio Moro começou com força e com bots. A narrativa estava montada e o overload posto em prática.
Esse meio tempo clareia a organização por trás de difamações e fake news do atual governo. Se fosse para apostar, diria que nesse ínterim foi discutido na sala da injustiça qual caminho tomar. Seria melhor atacar alguém com fama e reputação impecável com seu público? Ou seria melhor tentar um diálogo e por panos quentes na situação?!
Como o método não é afeto ao diálogo, a campanha de difamação contra Moro foi executada. A aposta foi dobrada. É assim que se contém danos nessa lógica deturpada.
Aqui temos uma palpável derrota, uma grande falha no método de ação dos mentirosos. Eles sempre aceleram mais, não tem breque, é sempre pra frente, custe o que custar. Como disse anteriormente, pessoas vão ficar pelo caminho, a tendência natural é o desgaste, o descolamento destes grupos que ficam cada vez mais nucleares.
5. O que fazer 
A motivação para sair dessa vida é completamente intrínseca ao participante. Geralmente desapontamentos, discussões e estafa os levam a desistência. Somente um minion pode deixar de ser minion. Se ele não quiser e for até o fim, não tem jeito, seu conhecido ou parente tem alguma deturpação moral ou social. Pessoas assim existem e são aos montes.
Temos que saber que não será da noite pro dia. O desapontamento é gradual, é um processo que as vezes demora, as vezes é rápido e obrigatoriamente tem que partir do afetado.
Isso não quer dizer que devamos ficar de braços cruzados esperando as pessoas se tocarem do erro que elas fizeram.
Proponho que mantenhamos o combate armados do deboche, do uso de memes, de simplesmente reproduzir as falas descabidas do pres para seus seguidores. Descemos o nível, mas temos que impactar também o emocional do minion. Ciência e razão não funcionam com eles, simples assim. O impacto tem que ser no emocional!
Por em cheque suas crenças absurdas com uma torrente de absurdos dos mesmos me parece ser uma boa tática. O overload contrário dentro do habitat natural serve para gerar mais dissonância e confusão, portanto temos que fornecer soluções também. Soluções simples, mas de sinal trocado.
Evitar por políticos da oposição no meio também ajuda. Algum fala uma coisa importante?! Diz que foi o tio do amigo que é médico. Lembrem-se que a sensação de horizontalidade pega de jeito as pessoas. Pessoas desconhecidas falando contra, memes debochando, a verdade, mesmo que espremida pelo formato tem que prevalecer.
Essa é minha tática e já tenho posto em prática. Parecer amigável, mas inundar de controvérsias sobre o que acreditam. Não é porque a conversão é intrínseca que não podemos dar uma ajudinha. Pedra dura em água mole, tanto bate até que mole.
Vocês devem ter outras também, gostaria que adicionassem aqui. Quase todas são eficientes, apesar de não acreditar nem um pouco em checagem de fatos e afins.
O campo do jogo é o emocional, não nos esqueçamos.
submitted by TheCaraqmoranextdoor to brasil [link] [comments]


2019.12.31 21:43 JorgeAmVF Subs em português ou sobre cultura lusófona criados em 2019

Subs em português ou sobre cultura lusófona criados em 2019
Pelo menos 259 subs foram criados em 2019; assim, 2019 foi o ano em que mais subs lusófonos foram criados desde 2008 - ultrapassando 2017 (~234).
Obviamente, nem todos os subs em português ou sobre cultura lusófona criados esse ano se encontram aqui, pois o ano ainda não acabou e é provável que mais subs criados em 2019 sejam encontrados nos próximos anos.

Top 15

subreddit membros criação
orochinho 17563 31/07/2019
patopapao 10646 07/02/2019
pescocofino 9152 07/06/2019
CarlaBrasil 7486 02/01/2019
brgonewild 7013 24/01/2019
FicouGratis 2402 25/07/2019
mattayahu 2119 18/01/2019
Idiomas 1161 05/01/2019
loylinha 875 06/04/2019
10º PergunteReddit 823 30/01/2019
11º MariaFernandaGalvao 805 10/08/2019
12º NaoMortoAbraDentro 733 01/02/2019
13º pracinhagamer 730 12/12/2019
14º MariParaiba 691 23/03/2019
15º Vanessa_Vailatti 677 06/09/2019
https://preview.redd.it/r00me9xf91841.png?width=1882&format=png&auto=webp&s=4e6029919f1c5a0f18240a802e48971f0ca1e779

Lista completa

subreddit membros criação nsfw descrição
CarlaBrasil 7486 02/01/2019 Sim This subreddit is for posting content relating to Carla Brasil.
mormonsud 2 02/01/2019 Não Sub para membros, amigos e curiosos a respeito da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias (aka 'Igreja Mórmon').
transumanismo 2 02/01/2019 Não Sub lusófono para discussão e compartilhamento sobre transumanismo.
cultobastter 6 03/01/2019 Não Para aqueles que acreditam que a Bastter.com eh um culto pega-sardinha tanto quanto os outros sites de investimento. Postem aqui tudo que voces acharem engracado ou digno de critica! O que ele tiver deletado ou o que mais quiserem...
Brasucas 1 04/01/2019 Não Comunidade livre para brasucas.
Idiomas 1161 05/01/2019 Não Essa é uma comunidade destinada a assuntos sobre idiomas.
nbabrasil 58 05/01/2019 Não NBA Brasil
videoslegaisonline 51 05/01/2019 Não Vídeos legais captados pela internet! :)
nba_brasil 1 05/01/2019 Não Opa, você não quis ir para o /nbabrasil ?
ofertaspravoce 4 07/01/2019 Não 1 oferta por dia! As promoções mais legais para te ajudar na hora das compras.
brasil_politica 3 07/01/2019 Não Sub em Português para discutir a política no Brasil e no Mundo.
DragonBallLegendsBR 13 14/01/2019 Não Subreddit brasileiro sobre o jogo Dragon Ball Legends. Encontre tudo sobre Dragon Ball Legends totalmente em português e discuta com outros jogadores do Brasil.
bomdiagrupo 38 15/01/2019 Não Um subreddit dedicado a fazer sátiras às mensagens de bom dia do ZAPZAP
PoliticaMundial 12 16/01/2019 Não Olá! O Política Mundial é uma comunidade voltada aos assuntos políticos, econômicos e filosóficos, com o intuito de reunir pessoas diferentes com pensamentos diferentes para que possamos discutir e debater sobre o mundo a nossa volta. Apesar de defendermos a liberdade de expressão, temos algumas regras para manter o bom convívio dos membros e assim também, manter o respeito entre os mesmos. Além do mais, a staff não se responsabiliza por raide em outros subreddits. Seja bem-vindo(a)!
mattayahu 2119 18/01/2019 Não Stream do Matta: https://www.twitch.tv/themattayahu Assista o canal primário do Matta: https://www.youtube.com/themattayahu Assista o canal editado do Matta: https://www.youtube.com/mettayahu Discord do Matta: https://discordapp.com/invite/6PSYzqr Twitter do Matta: https://twitter.com/themattayahu Grupo da Stream no Facebook: https://www.facebook.com/groups/mattayahu/
GabiGarcia 12 19/01/2019 Não Gabrielle "Gabi" Lemos Garcia is a Brazilian professional martial artist, specializing in Brazilian Jiu-Jitsu and grappling. She is a member of the IBJJF Hall of Fame.
Mamatas 100 22/01/2019 Não Comunidade dedicada a reunir as principais "mamatas" do Governo Bolsonaro.
cefetianos 7 22/01/2019 Não
meteorologia 3 23/01/2019 Não Notícias sobre aquecimento global, meteorologia, etc.
Medianeira 1 23/01/2019 Não Cidade de Medianeira / PR
brgonewild 7013 24/01/2019 Sim Paraíso das musas tupiniquins!
Deusolivre 4 25/01/2019 Não Coleção de melhores momentos vividos no /brasilivre.
ForniteBR_Portugal 1 25/01/2019 Não Um sub-reddit dedicado ao FortniteBR tudo em português, com o objetivo de aproximar a comunidade portuguesa, e ajudar no que for preciso.
OuijaPortugues 299 26/01/2019 Não Alguma questão aflinge tua vida? Invoque os espíritos é tenha sua resposta definitiva pelo OuijaPortugues, uma versão adaptada à língua lusitana do AskOuija.
PCBRZI 5 26/01/2019 Não PCBRZI
brasil20 2 26/01/2019 Não Por um Brasil melhor
nomadaspt 1 27/01/2019 Não Quando já não sabes de onde és e o planeta é a tua casa.
piadapronta 2 28/01/2019 Não Piadas prontas
PergunteReddit 823 30/01/2019 Não Versão brasileira do AskReddit.
EuTireiUmaFoto 340 31/01/2019 Não No título da sua postagem, comece com ETUF e então descreva a sua foto! Comunidade para amantes da fotografia, em português. Profissional, amador ou entusiasta, aqui você é bem vindo! Poste sua foto aqui e interaja com fotógrafos de todo o Brasil, tire dúvidas, aprenda técnicas e divirta-se! Leia as regras antes de postar. Foto do banner por Raphael Nogueira (https://bit.ly/2MVq5AZ).
relacionamentos 6 31/01/2019 Não chegue ai e conte o seu problema
NaoMortoAbraDentro 733 01/02/2019 Não Versão brasileira do dontdeadopeninside.
copiaEcola 108 04/02/2019 Não Comunidade dedicada a arquivar copypasta em português.
CozinhaPortuguesa 283 05/02/2019 Não Um sub dedicado à cozinha portuguesa para inspirar, aprender a cozinhar, experimentar ideias novas e descobrir pratos saborosos, rápidos e saudáveis.
lageball 1 05/02/2019 Não
patopapao 10646 07/02/2019 Não Bem vindo ao subreddit do Pato Papão, um lugar para você postar seu meme maneiro mesmo e dar sua dica pro Bom ou Ban.
BrazilOpenSource 487 07/02/2019 Não Brazil Open Source é a comunidade brasileira para os amantes da filosofia Open Source e Software Livre. Tire dúvidas, compartilhe ideias e projetos, seja livre! Brazil Open Source is the brazilian comunity for lovers of Open Source and Free Software philosophy. Ask questions, share ideas and projects, be free!
BrasilivrelivreFinal 43 10/02/2019 Não Bem vindo(a) ao Brasillivre_Livre_Mesmo_Final-V2_Agora_Vai! A comunidade feita para aqueles que se cansaram da censura dos outros Subreddits brasileiros. Se inscreva e compartilhe!
091Para 18 10/02/2019 Não Comunidade de Belém do Pará. Venha para a melhor sub do Reddit do melhor Estado da Região Norte do País.
Lennado 13 10/02/2019 Não O sub do lennaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadooooooooooooooooooooooooooooooo
SerGamer 5 10/02/2019 Não Ser gamer, ser um jogador
humortadela 3 10/02/2019 Não
mau_pm_nao_propina 31 11/02/2019 Não Histórias de abuso policial incluindo: abuso de poder, corrupção e outras desgraças em estados policiais em expansão.
Capinaremos 25 11/02/2019 Não Refugiados do Capinaremos
exiladosbrasil 1 11/02/2019 Sim Vivendo no exílio
chocolage 2 12/02/2019 Não
EmPortugues 423 13/02/2019 Não Compilação de comunidades que utilizam o português como idioma principal no Reddit. Divulgue subreddits lusófonos aqui à vontade. Subs que não utilizam a língua portuguesa, mas se dedicam à cultura de países que falam português também são bem-vindos. Não se esqueça de conferir as regras da comunidade antes de postar. Utilize também nossas ferramentas fora do Reddit para obter mais informações sobre comunidades lusófonas e compartilhe seu feed personalizado. E participe do Reddit em português!
CasosIsolados 3 13/02/2019 Não Casos isolados de violência policial no Brasil
caso_isolado 452 15/02/2019 Não Casos de corrupção e abuso de poder policial
catioros_inspiradores 25 15/02/2019 Não O melhor subreddit para você postar imagens de catioros sensacionalmente incríveis, sempre com as melhores frases possíveis para a alegria geral da comunidade
Capina 462 16/02/2019 Não Olá, nobres capinadores! Bem vindo a este recinto maravilhoso do Capinaremos na internet. Fiquem a vontade para compartilhar e discutir sobre o tema que achar pertinente. <3
Ancapinaremos 34 16/02/2019 Não Ancapinaremos: Vamos difundir a liberdade! Pessoas de todas as ideologias são extremamente bem vindas, a liberdade não vê background teórico, não vê gênero, idade, raça, orientação sexual e nem classe social. Acredito que todos deveriam lutar para que os indivíduos se tornem cada vez mais independentes, para que assim, tenhamos um coletivo forte e próspero.
cidadaosdebem 443 18/02/2019 Não
GTAorBrazil 453 19/02/2019 Não For the unbelievable things that only happen in Brazil!
investir 15 20/02/2019 Não Infelizmente outros grupos sobre investimentos em português apresentam pesada censura e automods com programação deficiente. Aqui você pode falar livremente, sem mimimi, sem censura. Todas discussões são bem vindas, sobre qualquer tipo de ativo ou método.
INTESTINOIRRITADO 14 20/02/2019 Não Descobriu que a fonte do seu sofrimento digestivo é a síndrome do intestino irritado? Seja bem vindo. Vamos nos ajudar. (cólon irritável, sii)
Baiacu 15 22/02/2019 Não comunidade brasileira de shitpost e afins.
unexpectedRicardo 96 24/02/2019 Não Ricardo Milos but not expected
AteParece 8 25/02/2019 Não Versão brasileira do thatHappened, posts em português de coisas que até parece que aconteceram mesmo.
Impressao3D 36 26/02/2019 Não Comunidade para discutir sobre impressoras 3D, dicas, técnicas, além de falar sobre modelagem e assuntos afim. Seja bem vindo!
UnivAveiro 3 27/02/2019 Não Subreddit não-oficial da Universidade de Aveiro.
godot_brasil 99 01/03/2019 Não Comunidade para os brasileiros interessados em estudar e tirar dúvidas sobre Godot Engine.
BandasPortuguesas 25 01/03/2019 Não Este subreddit foi criado para a divulgação de projetos, divulgação de bandas pouco conhecidas que gostem, divulgar experiências na indústria e também para que seja possível a discussão como o esclarecimento de alguns temas sobre a indústria
pontoXbr 1 01/03/2019 Não Comunidade em português para aqueles que gostam de fazer o trabalho, seja próprio ou comercialmente.
Umbanda 30 02/03/2019 Não Brazilian / African Religion
SelecaoPortuguesa 1 03/03/2019 Não Subreddit dedicado a todos os escalões da seleção portuguesa de futebol.
aguasanta 1 04/03/2019 Não SubReddit dedicado ao Esporte Clube Água Santa.
FeminismoBrasil 266 08/03/2019 Não Este subreddit é principalmente um lugar para ideias, conhecimentos e dúvidas serem trocadas. São bem vindas questões sobre trabalho, política, relacionamentos, menstruação, métodos contraceptivos, gravidez, parto, aborto, sagrado feminino e tudo o que permeia o universo feminino.
portugalliberal 62 11/03/2019 Não Um grupo de discussão apartidário, transparente e positivo sobre o liberalismo em Portugal. O objectivo é esclarecer sobre o que é o liberalismo e o que querem os liberais em Portugal.
Canhotos_bandidos 5 11/03/2019 Não Subreddit destinado para postagens de material que mostra atos ilegais de esquerdistas.
BrasilEsportes 124 12/03/2019 Não Página dedicada aos brasileiros do mundo todo para falar dos seus esportes preferidos além de notícias, eventos, etc e também, porque não, um espaço para darmos aquela trolada no time adversário
mesoclise 11 12/03/2019 Não Subreddit para postar imagens de pessoas usando mesóclise corretamente. Convenhamos, toda mesóclise merece um upvote.
Kaskaria 3 14/03/2019 Não Seu repositório diário de memes, vídeos engraçados e outras coisas sem utilidade.
startups_pt 2 14/03/2019 Não Discussão sobre o mundo das startups em Portugal.
polemicas 75 16/03/2019 Não Voltamos! Subreddit em português criado para discutir assuntos polêmicos sem qualquer tipo de censura.
boatarde 11 17/03/2019 Não Boa tarde! Inscreva-se também em: bomdia boanoite
soccerPT 7 17/03/2019 Não Todo o futebol: em português. Comunidade aberta a qualquer tema relativo a futebol.
KaikerTV 184 18/03/2019 Não Deixe Memes para o canal do Kaiker
bettina 16 18/03/2019 Não oi, eu sou a bettina tenho 1 milhão de anos e 22 reais de patrimônio acumulado
empreendedorismopt 1 18/03/2019 Não Um espaço para discutir o empreendedorismo em Portugal.
PortoSexDating 25 20/03/2019 Não A olace to find and meet people in Porto (sex related)
Cavaleiros_do_Zodiaco 4 20/03/2019 Não Para todos os fãs de Os Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya).
Filmes_e_series_Nerds 1 20/03/2019 Não A nova casa de quem gosta de filmes de super heroi, viagens no tempo, zumbis, ficção científica...
MariParaiba 691 23/03/2019 Não A subreddit dedicated to the breathtaking Brazilian volleyball player Mari Paraiba.
LisboadeBorla 8 25/03/2019 Não Free Events and places in Lisbon, Portugal
MemesUmidos 3 25/03/2019 Não Tipo o dankmemes mas com menos graça.
SPQAM 1 25/03/2019 Não Senatvs Popvlvsqve Arstotzka Magna O Senado e Povo de Arstotza Magna é uma miccronação fundada no dia 18 de março de 2017, pelo imperador Caesar Vulpes Petrus Machadus. Sua ideologias são: o castilhismo, o tenentismo, o monarquismo e o fascismo britânico (vide Sir Oswald Ernald Mosley). Este subreddit foi criado para a confraternização entre seus cidadãos e discussão de temas inerentes ao governo da Nação.
JogoLivre 1 25/03/2019 Não O sub de jogos livre de censura
SupercarrosPortugal 12 26/03/2019 Não Aqui podem pôr todos os carros raros ou invulgares que encontrarem!
UNIFESP 1 27/03/2019 Não
SemCensura 15 29/03/2019 Sim Comunidade dedicada ao "Sem Censura", programa de entrevistas exibido pela TV Brasil.
mamaspapasbebes 3 02/04/2019 Não reddit de apoio ao site "Ser Pai é..." e local de discussão de ideias acerca da Paternidade / Maternidade
fodase 2 03/04/2019 Não FODA-SE
contraAO 15 04/04/2019 Não Redditores contra o acordo ortográfico.
projeto 7 04/04/2019 Não
brasilcentro 222 05/04/2019 Não Primeira comunidade Brasileira de extremo-centro do reddit brasileiro.
loylinha 875 06/04/2019 Não subreddit da layla ai
mulherdepau 64 07/04/2019 Não mulher de pau mulher de pau mulher de pau mulher de pau mulher de pau mulher de pau mulher de pau mulher de pau mulher de pau mulher de pau mulher de pau mulher de pau
trashyBrazil 16 08/04/2019 Não Um recorte da sociedade mau caráter, imunda e irresponsável que temos no Brasil de 2019.
AskABrazilian 41 09/04/2019 Não Ask a Brazilian person.
ateu 20 12/04/2019 Não Comunidade brasileira dedicada exclusivamente à publicação de conteúdos ateístas.
TropicalRussians 216 14/04/2019 Não Will do later
AnnaRitaCerqueira 204 14/04/2019 Sim Anna Rita Cerqueira
NathaliaAlves 29 14/04/2019 Sim Nathalia Alves
gerir_pequeno 2 15/04/2019 Não Empreendedorismo, Micro-empresas e divulgação
Universodaarte 5 16/04/2019 Não Aqui é um lugar feito para pessoas que querem; Força da comunidade, adquirir conhecimentos artísticos, publicação de artes: digitais, tradicionais e entre diversas outras... Não importa seu nível, seu estilo ou qual tipo de arte você faz. Você é bem-vindo aqui.
SCPPTBR 8 17/04/2019 Não Subreddit da filial lusófona da Fundação SCP, para discussões em português sobre os SCPs brasileiros, portugueses e internacionais.
brasilcentro_drama 0 18/04/2019 Não brasilcentro_drama
PilulaVermelha 42 19/04/2019 Não Comunidade em português baseada na de língua inglesa "The Red Pill". A sociedade moderna, por inúmeras razões, trouxe uma grande mudança na dinâmica sexual entre homens e mulheres. Em analogia à pílula vermelha do filme Matrix, esse sub se propõe a esclarecer como quase tudo que fomos ensinados em relação à essa dinâmica sexual pelos nossos pais, TV, etc. está errado, como isso prejudica o homem moderno, e como sair desse buraco.
polemicas2 2 19/04/2019 Não backup do polemicas
poliamor 89 27/04/2019 Não Este é um lugar de amor livre. Vamos debater sobre nossas dificuldades e realizações poliamoristas.
Gurgel 41 27/04/2019 Não Comunidade para falar do carro Gurgel e de seu idealizador João Amaral Gurgel
Solteiros 71 29/04/2019 Não Local para solteiros e solteiras se descobrirem, conversarem e quem sabe rola algo depois?
Jeitinhobrasileiro 5 29/04/2019 Não Compartilhe aqui as formas não convencionais de resolver os mais diversos problemas da vida cotidiana, dicas, macetes, gambiarras, lifehacks etc.
Olavo_de_Carvalho 2 02/05/2019 Não
LuizPhilippe 1 02/05/2019 Não Em apoio ao nosso Dep. Federal Luiz Philippe de Orléans e Bragança
claricelispector 6 03/05/2019 Não A subreddit for fans of the 20th century author Clarice Lispector.
corrupcao 232 04/05/2019 Não Subreddit para publicação de notícias, criação de debates e denúncias (anónimas ou não) acerca da corrupção em Portugal, e das diversas maneiras de solucionar este problema que afecta gravemente o nosso país. Só serão consideradas as corrupções noutros países, ou na UE, quando existe uma relação minimamente perceptível entre a mesma e Portugal.
MancheteCorrigida 109 05/05/2019 Não Inspirado na iniciativa gringa do HeadlineCorrections, o Projeto de Correção das Manchetes Fake News nasceu para combater as mentiras e engodos da Grande Mídia. Nós fazemos correções honestas de manchetes desonestas. Saia do curral!
Felca 21 06/05/2019 Não Felca do Youtube, o pewdiepie brasileiro
Encontros 1 08/05/2019 Não comunidade de Encontros no Reddit
Fisicou 81 09/05/2019 Não sub criado com o objetivo de dialogar sobre ciências e afins.
BotaDemaisGrande 38 09/05/2019 Não Rosas são vermelhas Eu gosto de brigadeiro Basicamente o BootTooBig so que em brasileiro.
SciCast 1 09/05/2019 Não SciCast Brasil
Portgueis 29 10/05/2019 Não Igual ao Engrish, mas com português.
brasilisentao 14 10/05/2019 Não a bolha acima e entre todas as bolhas.
Portuges 2 10/05/2019 Não Igual ao Engrish, mas com português
oracoesonline 2 17/05/2019 Não Encontre sua prece aqui!
ProducaoMusical 47 19/05/2019 Não Essa comunidade tem o intuito de unir os produtores musicais brasileiros para uma troca de experiências, dicas, ferramentas e mais coisas voltadas a produção musical.
MatoGrosso 2 21/05/2019 Não Um lugar para compartilharmos notícias e debater assuntos que importem ao estado do Mato Grosso.
novismo 4 25/05/2019 Não Movimento onde ponho minhas anotações como historiador
AmizadeVirtual 91 03/06/2019 Não Cópia de makingfriends para brasileiros
pescocofino 9152 07/06/2019 Não Bem-vindo a nata do chorume da internet brasileira
ContosEroticos 123 07/06/2019 Sim Contos Eróticos em Português. Contribuições são bem vindas.
AcademicosBrasileiros 267 08/06/2019 Não Comunidade dedicada à discussão de assuntos acadêmicos dos mais diversos. Assim, podemos discutir filosofia, ciência, questões políticas que dizem respeito ao meio universitário, entre outros. Seja bem-vindo!
brazilcaralho 1 10/06/2019 Não brazilcaralho
AnkiFlashcards 88 16/06/2019 Não Brazilian subreddit about the Anki flashcard program. Anki increases the efficiency of the revisions through the spaced repetition system. It's used by students from different areas. Members of other countries are welcome. Feel free to post in English or Portuguese! Subreddit brasileiro sobre o programa Anki flashcard. Anki aumenta a eficiência das revisões através do sistema de repetição espaçada. É usado por estudantes de diferentes áreas. Membros de outros países são bem-vindos.
HoraDaComida 41 16/06/2019 Não Sub dedicado para compartilhar receitas feitas por vocês próprios ou belas comidas compradas por vocês
BairroDoLimoeiro 102 18/06/2019 Não Bem vindos ao Bairro do Limoeiro, aonde coelhos de pelúcia pesam mais que um caminhão, Louco é deus e Xaveco só se fode. Seja sempre educado e não rouba as goiaba do Nhô Lau. A dona da rua ta de olho em voceis tudo.
marlonteixeira 3 18/06/2019 Não we love marlon
CienciasReddit 0 22/06/2019 Não A Comunidade Científica do Reddit abrande todos os cidadãos, cientistas e pessoas com envolvimento na busca do conhecimento e progresso a ciência!
Valiria 133 23/06/2019 Não Subreddit brasileiro dedicado às Crônicas de Gelo e Fogo, demais obras de George R. R. Martin e suas adaptações.
fazeramizades 41 23/06/2019 Não Comunidade de encontros em Portugal
AliExpressBR 150 27/06/2019 Não Olá, Bem vindo(a) à AliExpressBR! Esta Comunidade é para os brasileiros que adoram importações, Aliexpress, Ebay Amazon e outros. A participação de todos é muito importante. Compartilhem suas dicas, compras e dúvidas.
Vectra 2 27/06/2019 Não Sub para reunir brasileiros admiradores de Vectra
Pipoca 21 28/06/2019 Não Loucos por filmes e séries
VidaSaudavel 4 28/06/2019 Não subreddit para pessoas que desejam compartilhar informações e dúvidas sobre qualidade de vida
Calopsita 4 28/06/2019 Não Subreddit para quem ama psitácideos !
Tormenta 156 29/06/2019 Não Tormenta is a Brazilian campaign setting for role-playing games that is played with D20 System
brasilivrelivrelivrel 1 29/06/2019 Não ivre
Literatura_on_Reddit 30 01/07/2019 Não Esta comunidade serve para dar a conhecer o trabalho de escritores desconhecidos.
JulianaSalimeni 141 02/07/2019 Sim Juliana Salimeni
BrasildaDepressao 40 02/07/2019 Não Você, de qualquer desse nosso país, do Caburaí ao Chuí. Entre! A casa é sua. Está livre para falar o que quiser, só respeite as regras da casa.
AnnaAvila 28 02/07/2019 Sim Anna Avila
Receitas_LowCarb 1 02/07/2019 Não subreddit para quem descobriu qualidade de vida no low carb
curagay 13 05/07/2019 Não Você é gay? Nós temos a cura.
incellivre 1 05/07/2019 Não Você quis dizer BrasilLivre?
br_ 0 07/07/2019 Não Comunidade do Brasil. Aqui você pode expressar sua opinião livremente, sem medo de ser bloqueado ou excluído. A regra é clara, Arnaldo: "se não for criminoso, é lícito!"
Gado 5 08/07/2019 Não Gado D++++
aplicativos 83 09/07/2019 Não Comunidade dedicada a temas relacionados à todas as categorias de aplicativos. Sinta-se à vontade para enviar comentários, dicas, indicações, críticas, avaliações e sugestões de desenvolvimento de apps.
Temer 1 10/07/2019 Não Subreddit de Michel Temer.
geopolitica 527 15/07/2019 Não Espaço para discussões de geopolítica e política internacional.
JenniferAuada 190 15/07/2019 Não Jennifer Auada
Seguranca 2 16/07/2019 Não Sub brasileiro dedicado a notícias e discussões sobre segurança da informação.
EuphoriaBr 1 18/07/2019 Não EuphoriaBr é uma comunidade para discutir ideias sobre a séries de tv da HBO no idioma português.
AmongUsBR 9 19/07/2019 Não Jogue on-line ou via Wi-Fi local com 4 a 10 jogadores enquanto tenta preparar sua nave espacial para a partida, mas tenha cuidado, pois um deles será um impostor disposto a matar todos! Os tripulantes podem ganhar completando todas as tarefas ou descobrindo e votando no impostor fora do navio. O Impostor pode usar sabotagem para causar o caos, facilitando as mortes e melhorando os álibis. Disponível para Android, IOS e Steam
sulistas 2 19/07/2019 Não Subreddit para sulistas e simpatizantes da causa sulista.
separatistas 1 19/07/2019 Não Para separatistas
Amdrezim 1 23/07/2019 Não canal do amdrezim
5aserie 6 24/07/2019 Não O indivíduo sai da quinta série mas a quinta série não sai do indivíduo. "E o bambu?"
FicouGratis 2402 25/07/2019 Não Normalmente é pago. Hoje não. Temporarily free offers. English speakers are also welcome.
acabouamamata 1 25/07/2019 Não Todos os nossos problemas estão resolvidos
brasilsempolitica 35 26/07/2019 Não tipo o /brasil só que sem posts de politica
paulinhogogo 0 26/07/2019 Não Todo dia a música do Paulinho Gogó em um idioma diferente.
KarinaFlores 24 28/07/2019 Sim Karina Flores
orochinho 17563 31/07/2019 Não Este subreddit foi criado para publicações e memes relacionados ao canal do tio orochi, e qqr coisa q ele possa usar em video!
clubedorap 100 01/08/2019 Não Ritmo & Poesia! Espaço para vocês compartilharem e ouvirem músicas de rap como prioridade. Fiquem a vontade para compartilharem conteúdo desse e dos outros elementos do hip-hop!
TrocaDeHardware 42 07/08/2019 Não Um lugar para vender, comprar e trocar todo tipo de hardware relacionado à informatica.
DivulgueDireito 40 07/08/2019 Não Esta comunidade foi criada pensando nos Advogados e pessoas com dúvidas jurídicas. Aqui você (Profissional) pode publicar artigos jurídicos atualizados a partir de 2017 (mais antigos que isso não aceitaremos); o texto ou artigo deve ter dicas e orientações a clientes ou futuros clientes - salientando sempre que o melhor é buscar ajuda profissional, de pessoa habilitada no assunto a ser 'solucionado' judicialmente! Obrigada por cumprir as regras!
gatinhos 1 08/08/2019 Não miau!
PuddingsUtopia 354 09/08/2019 Não Reddit para os fãs do cazum e sua comunidade.
PsiconautasBR 80 09/08/2019 Não psychonaut da comunidade brasileira!
SuicidioAssistido 1 09/08/2019 Não Aqui é um espaço para que você possa desabafar tudo o aquilo que te faz sofrer e que guarda apenas para você
MariaFernandaGalvao 805 10/08/2019 Sim Maria Fernanda Galvão (@fegalvao_)
homebrewingpt 65 10/08/2019 Não Subreddit dedicado à produção de cerveja artesanal em Portugal
rinhadegado 71 12/08/2019 Não Lugar definitivo para embates de esquerda versus direita, ou simplesmente para encontrar alguém para discordar de você. É aqui onde /brasildob, /brasil e /brasilivre se reunem para desferir suas insanidades argumentativas.
CreepypastaBrasil 4 12/08/2019 Sim Espaço dedicado ao compartilhamento de Creepypastas e Literatura de Horror e Terror. Conteúdo original em pt-br.
humanismosecular 1 14/08/2019 Não Descrição em breve.
AntinatalistasBrasil 43 15/08/2019 Não Comunidade criada pensando nas pessoas que, como eu, são contra natalidade; trazer filho ao mundo nos tempos em que vivemos: Por que? 1 - Seja porque a pessoa ou casal não tem recursos suficientes para criar bem, dar boa saúde e educação e o Estado brasileiro não está se lixando com o mínimo existencial; 2 - Seja porque o mundo, e o Brasil em especial, já tem criança suficiente para muitas gerações - ADOTEM! 3 - Não sofrer; não se deprimir; AFINAL, não PEDEM PARA NASCER!
PoliamorBrasil 7 21/08/2019 Não Poliamor é a prática, o desejo de ter mais de um relacionamento íntimo simultaneamente com o conhecimento e consentimento de todos os envolvidos. Este subreddit foi criado para discutirmos este e assuntos relacionados.
MaseoPT 166 22/08/2019 Não Aqui são postados prints de brasileiros tentando justificar as ações de certos políticos enquanto cita o PT ou o Lula, mesmo que o partido ou o ex-presidente em si não tenha nenhuma ligação com o assunto. Memes ou postagens mais sérias relacionadas ao tema também são aceitos. OBS.: Apesar dos designs, esse subreddit não é necessariamente petista, aqui todos são bem-vindos aqui, desde que sigam as regras.
NaoMonogamiaBrasil 15 22/08/2019 Não Não-monogamia é um termo guarda-chuva para toda prática ou filosofia de relacionamento intimo que não depende estritamente dos padrões de monogamia. Este subreddit foi criado para discutirmos este e assuntos relacionados.
MarianaSampaio 7 22/08/2019 Sim Mariana Sampaio
Ray_Mattos 357 28/08/2019 Sim Ray Mattos
BarbaraEvans 67 29/08/2019 Sim Barbara Evans
RenatinhaCosta 19 29/08/2019 Sim Renatinha Costa
naluando 8 30/08/2019 Sim naluando
brasildeboa 68 31/08/2019 Não Uma comunidade para brasileiros conversarem de boa
DeboraDrumond 42 01/09/2019 Sim Debora Drumond
BrazilianPizza 226 04/09/2019 Não Brazil is a land where everything goes ... on a pizza.
ThaisBrotto 21 04/09/2019 Sim Thais Brotto
nahclisarb 4 04/09/2019 Não
loteriasresultados 2 05/09/2019 Não Fique por dentro dos resultados das loterias!
Vanessa_Vailatti 677 06/09/2019 Sim Vanessa Vailatti
BrasilEdu 45 07/09/2019 Não O subreddit é dedicado à resolução de dúvidas e na publicação de conteúdo educativo na língua portuguesa sobre as disciplinas da educação básica, academia, ocupação e trabalho.
astrologiavideos 1 07/09/2019 Não Vídeos de astrologia!
brasilpop 50 09/09/2019 Não Comunidade brasileira no reddit. Posts sobre política são proibidos.
CarolinedeCampos 6 11/09/2019 Sim Caroline de Campos
JulianaCaetano 83 12/09/2019 Sim Juliana Caetano
JulianaPaes 20 12/09/2019 Sim Juliana Paes
KarolQueiroz 19 12/09/2019 Sim Karol Queiroz
Alana_Campos 9 12/09/2019 Sim Alana Campos
PaulaRebello 6 12/09/2019 Sim Paula Rebello
mtg_brasil 3 13/09/2019 Não
tcg_brasil 1 14/09/2019 Não
Cyberbrasil 326 16/09/2019 Não E se o Brasil fosse cyberpunk?
BrasilAncap 10 16/09/2019 Não Um lugar para se discutir, mostrar e propor avanços nas liberdades individuais e econômicas em terras brasileiras. Todas as ideologias são bem-vindas, desde que agreguem ao debate.
taylorswiftbrasil 1 17/09/2019 Não we love taylooooorrrr please come to brazil (more)
brasilvirgem 2 19/09/2019 Não
Alexa_Brasil 21 21/09/2019 Não Sub para discussão sobre a Alexa em português
OlavoVsOlavo 12 21/09/2019 Não Quando Olavo contraria Olavo
Portugueis 7 22/09/2019 Não Poste aqui pronts de pessoas que estão tendo um pequeno problema para falar português
brasilCACD 154 24/09/2019 Não Grupo aberto de estudantes do CACD - Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata
belezadicas 1 26/09/2019 Não Dicas de beleza, novidades e tutoriais!
BrasilB 107 27/09/2019 Não Comunidade brasileira/lusófona dedicada a discussão de conteúdo socialista, marxista, marxista-leninista, socialista libertário e outros, abrangendo toda a gama possível de teoria e prática da esquerda radical. Somos anti-imperialistas, anti-sectários e não toleramos qualquer comportamento contrarrevolucionário, seja liberalismo, elitismo, revisionismo ou idealismo. Também temos um grupo e um canal no telegram, respectivamente: https://t.me/socialismos https://t.me/SocialismosCanal
rockinrio2019 1 28/09/2019 Não dias de rock, bebê
oguru 1 30/09/2019 Não venham ver, venham ver o extraordinário guru do reddit
cuidedevoce 2 01/10/2019 Não você merece! <3
DankMemesBR 36 08/10/2019 Não Qm usa reddit no Brasil né, ah é esqueci que so br kkkkkkkkkjjjjjjjjj
AspergersBR 10 08/10/2019 Não Uma comunidade voltada para autistas e pessoas que têm a antiga Síndrome de Asperger (pois esta foi retirada no DSM-V). Aqui qualquer tipo de ajuda às pessoas que possuem esta divergência em relação ao dito "padrão" será bem-vinda. Poderá ser postado conteúdo com notícias que envolvam toda a comunidade autista e coisas que façam com que nós tenhamos voz ativa. A primeira comunidade autista brasileira do Reddit!
budismobrasil 51 11/10/2019 Não Compartilhamento de tudo relacionado às várias vertentes do budismo, incluindo budismo secular, em português.
Cemiteriodacomedia 30 11/10/2019 Não O comedycemetery do país dos memes (CÓPIA NÃO COMÉDIA) Existe o cemiteriodohumor, mas ele não presta
budismobr 5 11/10/2019 Não Compartilhamento de tudo relacionado às várias vertentes do budismo, incluindo budismo secular, em português.
PontePretaFC 2 12/10/2019 Não Subreddit dedicado a Associação Atlética da Ponte Preta
historiamilitaronline 2 13/10/2019 Não Somos uma comunidade de constituída por professores e amantes da história militar fascinados pela tecnologia e as estratégias militares. História Militar Online é sua máquina do tempo para todas linhas de frente e os bastidores dos conflitos atuais e históricos ao redor do mundo. Visite nosso website [[email protected]](mailto:[email protected])
PessoasDoBrasil 1 14/10/2019 Não Backup para caso algo de ruim aconteça com o brasil
antipornografia 30 15/10/2019 Não Em breve.
UFOSONLINE 2 21/10/2019 Não Um canal Brasileiro, destinado a divulgar a ufologia e acontecimentos no Mundo.
brasileirospelomundo 1 24/10/2019 Não Sub criado para falar das experiências e visões de Brasileiros que se aventuram pelo mundo. Brasileiros que moram, estudam ou viajam para outros países. Participe do grupo, compartilhe suas histórias, imagens, dicas experiências. Por que mora fora do Brasil? Trabalho? Estuda? Quis mudar de vida? Ou apenas quis explorar esse mundão a fora? E agora que já viu e conheceu outras culturas o que pensa do Brasil? Consegue morar no Brasil? Qual o lugar considera mais bonito no Brasil?
ODragaoVerde 1 24/10/2019 Não
MarketingPortugal 4 05/11/2019 Não Uma comunidade que tem como objetivo a partilha e o debate de tudo o que se relaciona com o universo do marketing.
BancoInter 4 05/11/2019 Não Banco Inter
ChatAmizade 30 08/11/2019 Não Comunidade brasileira para encontrar e conhecer pessoas dispostas a conversar sobre assuntos variados.
EsquerdaInternacional 46 12/11/2019 Não Sub para se discutir tudo o que seja politicamente relevante no mundo
quimicas 3 20/11/2019 Não Uma comunidade para brasileiros que amam química
espaco 194 21/11/2019 Não Compartilhe e discuta conteúdo informativo sobre: Suas dúvidas Astrofísica Cosmologia Exploração espacial Ciência planetária Astrobiologia
engenhariamecanica 15 22/11/2019 Não Grupo focado em discussões relacionadas às diversas áreas da Engenharia Mecânica, softwares, oportunidades de trabalho, carreira, projetos de engenharia, certificações, cursos de especialização, mestrados, doutorados, entre outros assuntos relacionados ao universo da mecânica .
Viralatacaramelo 171 26/11/2019 Não O subreddit dedicado à postagem de qualquer tipo de mídia relacionado ao canino que já virou símbolo nacional.
QueroFonte 35 27/11/2019 Não Grupo para encontrar fontes por trás de fatos e afirmações. Peça ajuda e divulgue fontes.
GadoDemais 45 29/11/2019 Não A Casa dos Gados no Reddit.
torneiras 62 02/12/2019 Não Para todas as suas necessidades de suprimento hidráulico
sexualidade 246 03/12/2019 Não Subreddit em português voltado exclusivamente a discussões saudáveis sobre sexo. Sinta-se a vontade para relatar experiências sexuais, pedir conselhos ou confessar fetiches. Leia atentamente as regras antes de participar.
mathbrasil 33 04/12/2019 Não Bem-vindo a um subreddit de matemática. O objetivo dessa comunidade é ter um cenário para se discutir indagações, exercícios, carreira/educação, teoremas, etc.
pracinhagamer 730 12/12/2019 Não subreddit pra memes e coisas do canal (ou não)
Dados 170 14/12/2019 Não Divulgação de dados para falantes de português.
AskBrasil 2 20/12/2019 Não AskReddit em Português.
ConversaCasual 29 26/12/2019 Não Um subreddit para conversar em português sobre assuntos quaisquer que estiverem na nossa cabeça.
LeoCasteloBranco 10 27/12/2019 Não Informações sobre meus projetos literários e onde baixar as versões em ebook gratuitamente!
roleplaypt 22 29/12/2019 Sim É fã do dirtypenpals mas tem sempre pena que não possa escrever na sua língua? Quer descrever as suas fantasias mais loucas em português? Porque não escreve uma história e convida um utilizador a lhe escrever?
submitted by JorgeAmVF to EmPortugues [link] [comments]


2019.09.18 19:02 Manuel-Oliver Leonel Pontes explica como vai «reconstruir» equipa do Sporting

Treinador não tem tido muito tempo para treinar desde que assumiu funções
Redação Maisfutebol
@maisfutebol
Leonel Pontos assumiu, na antevisão do jogo com o PSV Eindhoven, que a reconstrução da equipa do Sporting vai ser feita passo a passo, a conta-gotas, e o próprio jogo desta quinta-feira vai servir para procurar fazer a equipa evoluir. É que o tempo é algo que não existe nesta altura para os lados de Alcochete.
PUB
O novo treinador rendeu Marcel Keizer numa altura em que boa parte dos jogadores estava ao serviço das seleções, mas mesmo depois disso, não tem tido muito tempo para treinar e impor novas dinâmicas. «É preciso criar dinâmicas importantes na equipa. Como não temos vindo a treinar, o jogo serve também para melhorar alguns aspetos de dinâmicas coletivas que são necessárias nesta fase. Queremos representar o Sporting com dignidade e lutar pelos três pontos que é aquilo que fazemos cada vez que competimos», destacou. Mas sem espaço para treinar, as novas rotinas vão ser administradas a conta-gotas. «Não é fácil. Primeiro temos de envolver os jogadores num determinado compromisso coletivo em que mudamos a forma de jogar e em que eles acreditem que é o caminho mais certo para seguir. Depois é treinar no pouco tempo que temos, com menos intensidade, com menos volume de trabalho. É trabalhar no campo, com imagens, com reuniões individuais, com reuniões setoriais e, à medida do tempo, tentamos implementar as ideias, controlando-as no jogo, corrigindo e avançando no nosso caminho», explicou. Uma ideia que está moldada, com pouca flexibilidade. «Procuro também dar a ideia que podemos alterar em função das características dos jogadores, das características do adversário, mas seguindo uma ideia muito concreta. Não podemos fugir muito dela, quanto mais nos dispersamos, menos ideia temos. Estamos a conseguir pequenas coisas, a cada treino, a cada momento de jogo. É isso que pretendemos já neste jogo», insistiu.
O Sporting está numa fase de reconstrução, mas o treinador considera que, neste quadro, é possível acrescentar alguma imprevisibilidade no jogo. «Nós estamos numa fase de reconstrução, de criação de novas dinâmicas, onde não há espaço para treinar. O jogo vai nos dar algumas ideias do jogo que queremos. Queremos criar alguma surpresa no jogo, alguma imprevisibilidade, tentar equilibrar as forças, dentro daquilo que são as diferenças entre uma equipa que faz quinze golos e sofreu um, contra uma equipa que faz oito e sofreu seis», acrescentou ainda.
https://maisfutebol.iol.pt/liga-europa/18-09-2019/leonel-pontes-explica-como-vai-reconstruir-equipa-do-sporting
submitted by Manuel-Oliver to SportingCP [link] [comments]


2019.02.05 00:00 consultorseobiz Como aparecer no Google Maps?

Como aparecer no Google Maps?

Quer saber como fazer seu negócio aparecer no Google Maps? Nós da https://www.consultorseo.biz/ preparamos um super artigo com dicas sobre SEO e diversas informações importantes para você anunciar seu site no Google!
Desde 2005, o Google mapeou 28 milhões de milhas de estrada em 194 países. E não descansará até que todo o planeta esteja em seus servidores.
O Google Maps é tão onipresente, uma parte vital de muitas das nossas vidas, que parece estranho pensar que não existia até 2005. De todos os muitos tentáculos do gigante de buscas que chegam até o polvo em todas as áreas da nossa existência , Maps, juntamente com seu parceiro Google Earth e seus vários filhos, provavelmente afirmam ser o que mais mudou nossa vida diária.
A missão pública do Google é "organizar as informações do mundo e torná-las universalmente acessíveis e úteis". Muitos, mas não todos, os projetos atuais da empresa se concentram nessa missão - uma missão que depende da coleta, organização e interpretação de milhões de gigabytes de dados. Mas as informações que o Google está tentando organizar não são apenas on-line. Grande parte dele é de nível muito básico, o Google Maps levou uma enorme quantidade de informações off-line e publicou on-line. Estamos falando de coisas como redes de estradas, sinais de trânsito, nomes de ruas e nomes comerciais. Mas, como sugiro abaixo, o Google espera que o Google Maps possa fazer muito mais no futuro.
Para ajudar nesse esforço, o Google faz parceria com as “fontes de dados mais abrangentes e autorizadas” por meio de seu Programa de parceiros de mapa de base. Um grande número de agências envia dados vetoriais detalhados para o Google, e essas agências incluem o Serviço Florestal do USDA, o Serviço Nacional de Parques dos EUA, o Serviço Geológico dos EUA, vários conselhos municipais e municipais e assim por diante.Este dado é usado para demarcar os limites e hidrovias, exibem novas ciclovias, entre outras coisas, e isso ajuda a manter o “mapa base” o mais atualizado possível.
O Google Street View é uma viagem ininterrupta. Com um enorme esquadrão de veículos espalhados pelo planeta, o objetivo deles é circular repetidamente em todas as vias acessíveis que podem encontrar - enquanto tiram fotos de 360 ​​graus em todos os lugares.
Com base nas coordenadas de GPS desses veículos, o Google exibe suas imagens do Street View em cima de seu mapa básico.

Satélites

Outra camada do Google Maps é sua visão de satélite. Esta é uma estreita colaboração com o Google Earth, reunindo fotografias de alta resolução do planeta feitas pelos satélites acima. Essas imagens são comparadas com outras camadas de dados, como o Street View, além de dados enviados por agências externas. Isso ajuda o Google Maps a detectar mudanças geológicas, construções novas e alteradas, etc.

Serviços de localização

Não há muita informação disponível sobre como exatamente o Google usa os serviços de localização para celular para manter o Google Maps atualizado, mas ele desempenha um grande papel.
Sim, está certo: se o Google tiver acesso aos dados de localização coletados por seu smartphone, você fará parte da operação de crowdsourcing do Google para melhorar e expandir os Maps.Seus dados de localização podem ser usados ​​para atualizações de tráfego em tempo real, estimativas velocidades de tráfego e identificar desvios de estradas. Se, de repente, uma rota movimentada não tiver tráfego, o Google Maps poderá considerar que há um desvio e ajustará as rotas adequadamente. O Google também usa esses dados para estimar as horas em que as empresas individuais estarão ocupadas. Ele faz isso mantendo o controle sobre o tráfego de pedestres em edifícios individuais. Um pouco assustador, mas é mais uma tentativa de colocar essas informações offline on-line.

Usuários do Google Maps

O Google Map Maker é outra maneira pela qual o Google está participando da operação de Mapas, e esse é um programa que existe desde 2008.
Trabalhando da mesma maneira que o Open street map, o Google Map Maker permite que qualquer pessoa contribua com seu conhecimento local para o Google Maps. A boa notícia é que a maior parte dessa funcionalidade está sendo incorporada no próprio Google Maps, e o Google Map Maker será desativado definitivamente em 2017, quando a transição for concluída.
Em resumo, os usuários podem editar os mapas do Google com suas próprias contribuições pessoais. Você é capaz de adicionar e editar lugares, novas estradas, construção de contornos e trilhas para caminhadas. E se você acha que pode se safar com o vandalismo, pense novamente: as edições dos usuários podem ser revisadas por outros usuários.
Isso significa que há um enorme exército de editores públicos que mantêm o Google Maps atualizado 24 horas por dia, sete dias por semana. Isso é especialmente útil para mapear locais de difícil acesso e para reunir conhecimento que, de outra forma, estaria fora do alcance ou da conscientização do Google.
Assim como o seu exército de editores, o Google também possui milhões dos chamados guias locais. O Local Guides é um recurso que lembrará o Foursquare e é a tentativa do Google de coletar uma camada de dados mais subjetivos para posicionar seu mapa básico.
Quando você estiver no Google Maps, vá para Minhas contribuições e poderá pesquisar lugares diferentes na sua área. Ao deixar um comentário, responder a algumas perguntas e enviar uma foto, você pode contribuir para essa camada adicional de dados.
Esse conhecimento local ajuda o Google Maps a conhecer coisas como a vibração de um café, se um hotel tem estacionamento ou se um restaurante tem opções veganas. Em troca de contribuições, os usuários podem ganhar recompensas, como o aumento do armazenamento no Google Drive.

Quando há um erro no Google Maps

Todos os dias, grandes quantidades de alterações são feitas no Google Maps. Algumas delas podem ser a adição de novos lugares e novas estradas, enquanto outras alterações podem envolver erros de conserto.
Muitos deles são fixados por acaso por membros do público: editando descrições de locais, adicionando estradas e assim por diante. No entanto, além disso, o Google tem uma grande equipe de pessoas trabalhando nos milhares de relatórios que são arquivados no Google todos os dias.
Uma boa parte desses relatórios é revisada e executada manualmente. Isso é feito usando o Atlas , o próprio programa de edição de mapas do Google. Novas rotas são desenhadas à mão, estradas são conectadas, novos edifícios são mapeados, etc.
Este é um projeto que nunca terminará. Com milhares de novas estradas sendo construídas a cada dia e as cidades mudando as regras de trânsito quando necessário, o Google Maps estará sempre lutando para se manter preciso.
submitted by consultorseobiz to u/consultorseobiz [link] [comments]


2019.01.18 13:24 nullpointer- [Censo2018] Análises via aprendizado de máquina (parte1: clustering exploratório)

Olá, pessoal!
Como muitos, resolvi brincar um pouco com os dados do censo. Há varias aplicações interessantes, mas resolvi começar com agrupamento.
Técnicas de agrupamento (ou clustering, em inglês) tem como objetivo formar grupos de elementos similares "naturalmente", de maneira não-supervisionada, sem saber de antemão qual deveria ser a organização deles. Para isso, essas técnicas calculam medidas de quão parecidos os pontos são entre si, e quão diferentes eles são dos outros.
Muitas dessas técnicas requerem uma série de parâmetros - como o número de grupos a serem formados - e, apesar de haver várias maneiras de resolver esse problema, resolvi explorá-lo com algumas escolhas arbitrárias, para 'sentir' como os dados ficariam.
Sem mais enrolação, apliquei k-means (com PCA para redução de dimensionalidade e mais alguns truquezinhos) sobre as perguntas de Identidade, Posição política, Votos nas eleições e um combinado de todos eles, com o objetivo de encontrar cinco grupos em cada um.
Vários resultados foram 'óbvios', mas alguns nem tanto:
De maneira geral, essa abordagem não chegou a resultados tão interessantes - no máximo mostrou a já esperada divisão entre esquerda, centro-progressistas e direita no sub, evidenciando também essa divisão entre universitários e não-universitários.
Diria que os pontos mais notáveis foram:
Infelizmente os gráficos que eu usei para fazer as análises estavam todos muito feios e dificeis de ler, então vou poupa-los disso - na parte dois eu devo postá-los todos.
Por enquanto, vocês podem ficar com algumas imagens de como os grupos ficaram pós redução de dimensionalidade, mostrando as 8 principais dimensões. Como eu apliquei varias tecnicas de rotação, não da para dizer o que exatamente cada dimensão simboliza, mas curiosamente a esquerda ficou à esquerda e a direita, à direita. Os blobs menores em cima do principal são os estudantes não-votantes.
Devo soltar a segunda parte no final de semana ou segunda-feira. Qualquer dúvida sobre a metodologia é só perguntar!
submitted by nullpointer- to brasil [link] [comments]


2018.04.19 08:44 AntonioMachado [2016] Pedro Araújo - Esboço de uma sociologia com desastres: o caso da tragédia de Entre-os-Rios

Artigo aqui.








submitted by AntonioMachado to investigate_this [link] [comments]


2017.07.04 20:21 feedreddit Cibersegurança para todos: como proteger a privacidade de suas conversas com o Signal

Cibersegurança para todos: como proteger a privacidade de suas conversas com o Signal
by Micah Lee via The Intercept
URL: http://ift.tt/2tNJqLd
Video de Lauren Feeney
O conteúdo das suas conversas – sejam elas pessoais, profissionais ou políticas – pode ser alvo da espionagem de um governo local ou estrangeiro. Além disso, o envio de uma senha ou número de cartão de crédito pelo celular também pode ser interceptado por um criminoso. Ou então você pode querer se candidatar a um emprego sem o conhecimento do seu chefe atual; discutir um assunto delicado com um advogado; conversar com amigos sobre a ida a uma manifestação, um aborto ou a compra de uma arma; enviar fotos íntimas ao seu parceiro(a) sem que ninguém as veja; ou querer manter segredo sobre um novo relacionamento no trabalho. Esses são apenas alguns exemplos de como a privacidade pode ser importante.
Felizmente, a privacidade é um direito fundamental do ser humano.
Infelizmente, a maioria das ferramentas utilizadas para se comunicar via celular – ligações, mensagens de texto, e-mails, Facebook, Skype, Hangouts etc. – não são tão privadas como poderíamos pensar. Sua operadora de telefonia, seu provedor de internet e as empresas que criam os aplicativos que você usa para se comunicar podem interceptar o que você diz ou escreve. Seus bate-papos podem ser acessados pela polícia e por agências de espionagem como a NSA. Eles também podem ser vistos por _qualquer um_que pegar e vasculhar o seu telefone. Algumas mensagens podem ser lidas mesmo com o celular bloqueado, na tela de notificações.
Mas é possível garantir a privacidade das suas conversas. O primeiro passo é instalar um aplicativo chamado Signal – e seus contatos devem fazer o mesmo. Então é só configurar o programa para bloquear as ameaças.
O Signal é fácil de usar, funciona tanto no iOS – o sistema operacional dos celulares da Apple – quanto no Android – do Google – e criptografa suas mensagens de forma que apenas você e seu interlocutor possam decifrá-las. Além disso, ele é um software de código aberto, então qualquer especialista pode verificar se o programa é realmente seguro. O Signal pode ser baixado na Play Store do Android e App Store do iPhone.
Embora o Signal seja um software muito bem feito, você precisa fazer alguns ajustes para maximizar a segurança de suas conversas. Já escrevi sobre algumas dessas configurações no ano passado, mas o programa mudou muito desde então, e talvez você não conheça algumas de suas funcionalidades mais úteis.
Vou falar sobre elas em detalhes mais abaixo – e no vídeo acima, criado por Lauren Feeney.
Para ir diretamente a um item específico, clique no link correspondente abaixo:

Recomende o Signal a seus amigos

Você só pode enviar mensagens criptografadas e fazer ligações protegidas para outros usuários do Signal. Não adianta instalar o programa e continuar usando torpedos não criptografados para se comunicar. Faça com que seus amigos também instalem o aplicativo.
Se você é um ativista, recomende o Signal aos participantes da próxima reunião ou manifestação; se é jornalista, fale com suas fontes e editores; se está se candidatando a algum cargo político, use o Signal para se comunicar com sua equipe de campanha.

Bloqueie seu telefone

O Signal usa uma rigorosa criptografia de ponta-a-ponta, que, quando verificada, impede que o conteúdo das mensagens seja decifrado por um intermediário, como os criadores do Signal, operadoras de telefonia, provedores de internet – ou pela NSA e outras agências de espionagem que coletam dados em massa na internet.
Mas a criptografia do Signal não pode impedir que alguém pegue o seu telefone e abra o aplicativo para ler suas mensagens. Para isso, é preciso bloquear o acesso ao telefone com uma senha ou outra forma de autenticação. Você também deve habilitar a criptografia de dados do aparelho e atualizar o sistema operacional e aplicativos com frequência, pois isso dificulta consideravelmente a ação dos hackers.
No Android:
No iPhone:

Oculte as mensagens do Signal na tela de bloqueio

A criptografia do Signal será de pouca serventia se outras pessoas puderem ver as mensagens que você recebe na tela bloqueada do seu celular. Se o seu telefone costuma estar ao alcance de pessoas que não deveriam ler suas mensagens – colegas de quarto, colegas de trabalho e seguranças de aeroporto, por exemplo – desative a pré-visualização de mensagens do Signal na tela de bloqueio do telefone.
À esquerda, notificação do Signal em um iPhone bloqueado. À direita, notificação do Signal em um Android bloqueado.
Siga estes passos para desativar as notificações do Signal:
No Android:
No iPhone:
À esquerda: notificações do Signal oculta em um iPhone bloqueado. À direita: notificação do Signal oculta em um Android bloqueado.

Não guarde suas mensagens para sempre

Quando uma mensagem criptografada é enviada pelo Signal, apenas dois dispositivos guardam cópias do texto trocado: o seu celular e o do destinatário. Diferentemente de outros aplicativos de troca de mensagens, o servidor do Signal nunca tem acesso às mensagens, e os conteúdos criptografados permanecem online por muito pouco tempo. Isso significa que, quando você apaga uma mensagem do seu telefone – e o destinatário faz o mesmo – esse conteúdo deixa de existir. É uma boa ideia apagar seu histórico de mensagens frequentemente, principalmente quando se trata de conversas confidenciais. Dessa forma, se o seu telefone for vasculhado, as conversas de um ano atrás de que você nem se lembrava – e aquela conversa confidencial da semana passada – não serão encontradas.
O Signal permite programar a exclusão de mensagens depois de um certo tempo (entre cinco segundos e uma semana), tanto do telefone do remetente quanto do destinatário. Essa função se chama “Mensagens efêmeras”. Porém, nada impede que o seu interlocutor grave as mensagens antes que elas sejam excluídas – por meio de captura de tela, por exemplo.
Se você costuma mandar mensagens confidenciais para amigos ou grupos do Signal (vou falar sobre grupos mais adiante), recomendo ajustar a exclusão programada das mensagens para uma semana depois de lidas. Você também pode ativar as “mensagens efêmeras” para um contato e logo depois desativá-las, o que pode ser útil para o envio de uma senha, por exemplo.
No Android:
No iPhone:
Neste exemplo, as mensagens desaparecerão depois de cinco minutos.
Você também pode apagar manualmente mensagens individuais – ou mesmo conversas inteiras – do seu telefone. Mas você não pode, é claro, apagá-las do telefone do destinatário; isso só é possível com a opção “Mensagens efêmeras”.
No Android:
No iPhone:

Como enviar e receber fotos e vídeos privados

O Signal facilita o envio de fotos e vídeos criptografados – inclusive _gifs_animados. Quando estiver conversando com alguém, basta dar um toque no clipe de papel para abrir sua coleção de fotos ou acessar diretamente a câmera do celular.
O Signal também tem outro dispositivo de segurança: as fotos e vídeos gravados a partir do próprio aplicativo não são salvos automaticamente na memória do telefone. Da mesma forma, as fotos e vídeos que você receber também não serão gravados automaticamente. Se você quiser adicionar uma foto à coleção do celular, basta dar um toque longo na foto e salvá-la.
Por que isso é importante? Muitas pessoas sincronizam automaticamente fotos e vídeos com serviços de armazenamento em nuvem como iCloud, Google e outros. Elas também costumam permitir que aplicativos como Facebook e Instagram tenham acesso à galeria de imagens do telefone. Por mais cômodo que seja, isso significa que o provedor do serviço de armazenamento em nuvem também terá acesso às suas imagens, podendo entregar os dados a terceiros, como uma agência governamental. Da mesma forma, suas imagens podem ser acessadas por hackers, como em 2014, quando fotos de celebridades nuas foram publicadas na internet depois de um ataque a suas contas no iCloud.
Portanto, se você fotografar um documento confidencial para um jornalista – ou tirar uma _selfie_sensual para o(a) namorado(a) –, envie as fotos diretamente pelo Signal, que é capaz de criptografar uma imagem da mesma forma que uma mensagem de texto.

Como criar grupos de discussão seguros

Para mim, uma das funcionalidades mais úteis do Signal é a possibilidade de criptografar uma conversa em grupo. Qualquer pessoa pode criar um grupo no Signal e adicionar quantas pessoas quiser; as mensagens de todos os membros serão criptografadas. Assim como nas conversas individuais, você pode habilitar a exclusão programada de mensagens, fotos e vídeos. Veja alguns exemplos de situações em que os grupos do Signal podem ser úteis:
Veja como usar os grupos do Signal:
No Android:
No iPhone:
Os grupos do Signal são úteis, mas não são perfeitos. Os problemas podem ser resolvidos em versões futuras, mas, por enquanto, são os seguintes:

Como fazer chamadas de voz e vídeo seguras

Além de permitir o envio de mensagens de forma segura, o Signal também pode ser usado para fazer ligações criptografadas de voz e vídeo. Basta selecionar o ícone de telefone para ligar para um contato. Trata-se de uma ligação telefônica normal, mas com a segurança da criptografia de ponta-a-ponta. Para iniciar uma chamada de vídeo, toque no ícone de câmera durante a ligação para ativar a câmera – simples assim.
Durante uma chamada de voz ou vídeo, seu interlocutor pode ver o seu endereço IP, o que pode ser utilizado para determinar a sua localização. Na maioria das vezes isso não importa, mas às vezes pode ser um problema – se você não quiser revelar de que país está ligando, por exemplo. Nesses casos, é possível redirecionar a ligação através dos servidores do Signal, fazendo com que o único IP visível no outro lado da linha seja o do próprio Signal. Essa função diminui ligeiramente a velocidade da conexão, o que pode reduzir a qualidade da ligação. Veja como habilitá-la:
No Android:
No iPhone:

Como enviar mensagens sem adicionar o destinatário aos contatos

A maioria das pessoas sincroniza seus contatos com o iCloud, Google, a empresa em que trabalham ou outros serviços de nuvem. Isso é muito conveniente; se você perder o telefone e comprar um novo, poderá recuperar seus contatos. Porém, isso quer dizer que sua lista de contatos pode ser acessada pelos provedores do serviço de sincronização, que, por sua vez, podem fornecer os dados para a polícia ou agências governamentais.
Você pode querer conversar com certos contatos de maneira segura, mas sem adicioná-los à sua lista de contatos. Por exemplo, se você quiser vazar uma informação para um jornalista sem ser investigado por isso, é melhor não salvar o número do repórter na nuvem.
O Signal permite que você converse com pessoas que não estão na sua lista de contatos. Para fazer isso, abra o aplicativo, selecione o ícone de caneta para iniciar a conversa e digite o número de telefone no campo de busca. Se a pessoa em questão for usuária do Signal, você poderá trocar mensagens criptografadas com ela sem ter que adicioná-la aos seus contatos.

Use números de segurança para se proteger de ataques

Esta seção pode parecer um pouco confusa – o funcionamento da criptografia é uma coisa meio complicada mesmo. Mas o mais importante aqui é aprender como verificar os números de segurança.
Mais acima, eu disse que o Signal garante a privacidade das suas conversas quando devidamente verificado. Para usar o Signal corretamente, é preciso verificar se suas comunicações não estão sendo interceptadas em um ataque man-in-the-middle.
Um ataque man-in-the-middle(“homem no meio”, em tradução literal) acontece quando duas pessoas – Alice e Bob, por exemplo – pensam que estão conversando diretamente uma com a outra, mas, em vez disso, tanto Alice quanto Bob estão conversando com um intermediário, que intercepta tudo o que está sendo dito. Para proteger totalmente as suas conversas, é preciso verificar se a troca de informação criptografada está sendo feita diretamente com seus contatos, e não com algum impostor.
Você tem um “número de segurança” em comum com cada contato do Signal. Por exemplo, Alice tem um número de segurança em comum com Bob e outro com Charlie. Quando Alice liga para Bob, se o número de segurança que aparecer no celular de ambos for igual, isso significa que a conexão é segura. Porém, se os números forem diferentes, tem alguma coisa errada; talvez Alice ou Bob estejam vendo o número de segurança que têm em comum com o interceptador, o que explicaria a discrepância.
É improvável que alguém tente atacar a sua conexão _na primeira vez_que você entrar em contato com um amigo. Por isso, o Signal considera como seguro o primeiro número de segurança atribuído para cada contato. Mas, se o conteúdo da conversa for confidencial, é melhor confirmar assim mesmo.
Para verificar a integridade da criptografia, acesse a tela de verificação da seguinte forma:
À esquerda: tela de verificação do número de segurança no iPhone. À direita: tela de verificação do número de segurança no Android.
Existem algumas maneiras de verificar com um amigo se seus números de segurança são iguais. A mais fácil é presencialmente, juntos no mesmo lugar, mas também é possível fazê-lo à distância.
Como verificar um contato presencialmente
Se você puder se encontrar com seu contato, basta escanear o código QR (um código de barras quadrado) dele. No Android, toque no círculo com o código para escanear; no iPhone, selecione o ícone “Escanear código”. Aponte a câmera para o código QR de seu amigo: se o processo for completado normalmente, isso significa que a criptografia é segura.
Como verificar um contato à distância
Se vocês não puderem se encontrar pessoalmente, é possível verificar os números de segurança à distância, embora o processo seja um pouco trabalhoso.
Você e seu contato devem enviar o número de segurança por meio de um canal externo – ou seja, por fora do Signal. Envie uma mensagem no Facebook, Twitter, um e-mail ou faça uma ligação telefônica – ou então use outro aplicativo de mensagens criptografadas, como WhatsApp ou iMessage. Se estiver realmente preocupado com uma possível interceptação, recomendo fazer uma ligação; se você conhece a voz do seu contato, é muito difícil alguém se fazer passar por ele.
Quando seu contato receber seu número de segurança, ele deverá acessar a tela de verificação e comparar – algarismo por algarismo – o que você enviou com o que ele está vendo. Se os números forem idênticos, a conexão é segura.
Tanto no Android quanto no iPhone, você pode tocar no botão de compartilhamento na tela de verificação para enviar o número de segurança via outros aplicativos ou copiá-lo para a área de transferência do telefone.
Verifique novamente contatos que trocarem de telefone
De vez em quando, você pode ver a seguinte mensagem no Signal: “Número de segurança modificado. Toque para verificar.” Isso pode signifcar uma das duas seguintes possibilidades:
  1. Seu contato instalou novamente o Signal, provavelmente por ter comprado um novo telefone.
  2. Alguém está tentando interceptar suas conversas.
A segunda alternativa é menos provável, mas a única maneira de ter certeza é verificar novamente o número de segurança com o seu contato.

Como usar o Signal no seu computador

Embora seja necessário instalar o Signal no celular para começar, também é possível instalar o aplicativo no seu computador. O programa não tem todas as funcionalidades da versão para celular – ainda não é possível fazer chamadas ou modificar grupos –, mas pode facilitar muito a vida de quem usa o Signal. Principalmente se, assim como eu, você passa o dia inteiro na frente do computador e precisa do Signal para trabalhar.
Trata-se de uma extensão para o navegador Chrome. Ou seja, primeiro é preciso instalar o Chrome no seu computador. Só então você pode baixar o Signal na Chrome Web Store. Ao executar o programa pela primeira vez, siga as instruções na tela para conectá-lo ao Signal do seu smartphone.
No entanto, instalar o Signal no seu computador proporciona mais uma possibilidade de ataque e interceptação de dados. Quando você usa o Signal apenas no telefone, se alguém quiser ler suas conversas, ele terá que hackear o seu celular. Mas se você também usa o aplicativo no computador, um hacker pode atacar _tanto o seu telefone quanto o seu computador_– o que for mais fácil. Por causa das diferenças na arquitetura dos sistemas operacionais de celulares e computadores, o mais provável é que o seu computador seja o alvo mais fácil.
Além disso, seus dados do Signal são armazenados de forma mais segura no telefone. No Android e no iOS, suas mensagens – e chave criptográfica – são armazenadas pelo próprio Signal, e outros aplicativos não têm acesso a elas. Já no Windows, MacOS e Linux, esses dados são guardados em uma pasta do seu disco rígido, e praticamente _todos_os seus aplicativos têm acesso a ela. Portanto, em certas situações, talvez o mais prudente seja não instalar o Signal no computador.
Tradução: Bernardo Tonasse
The post Cibersegurança para todos: como proteger a privacidade de suas conversas com o Signal appeared first on The Intercept.
submitted by feedreddit to arableaks [link] [comments]


2016.05.10 10:33 HelloMyNameIsLola Possibilidade de uma thread para as capas dos Desportivos?

Talvez uma thread fixa que ou vá buscar automaticamente as capas, ou que exista alguém responsável por linkar em posts individuais e depois no OP as capas dos Jornais diariamente.
Pode também servir como "arquivo", se retirarmos as imagens para o IMGUR ou alguma alternativa.
O que vos parece?
submitted by HelloMyNameIsLola to PrimeiraLiga [link] [comments]


2015.10.05 16:06 veribaka [Blog] Análise ao Atlético Madrid vs Benfica (Eu visto de vermelho e branco)

Na 2ª jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, o Benfica deslocou-se à capital espanhola, onde defrontou o Atlético Madrid. Para este jogo, Rui Vitória fez entrar Raúl Jiménez para o 11 titular, tendo saído Mitroglou. Tudo o resto se manteve igual em relação ao último jogo.
Como era esperado, desde cedo que o Atlético tentou pegar no jogo. Contudo, o primeiro lance de grande perigo é do Benfica, com Jonas a rematar ao lado, depois de uma boa jogada. A equipa de Rui Vitória ia tentando ter bola e manter a sua identidade. O perigo aparecia em ambas as balizas. Primeiro, Jardel evita o golo de Correa, depois é Filipe Luís a evitar o golo de Gonçalo Guedes.
Perto dos 21 minutos, o Atlético quase marca, mas Jackson atira por cima. Foi o aviso para o que ia acontecer aos 23 minutos. Boa jogada da equipa espanhola e Correa aparece a finalizar na cara de Júlio César. Alguns segundos depois, o Atlético volta criar perigo, depois de uma perda de bola de Samaris. Na sequência da mesma jogada, Jackson atira ao poste. Eram momentos de grande aperto para a equipa do Benfica, que volta estar muito perto de sofrer golo aos 29 minutos. Júlio César defende o primeiro remate e depois a recarga sai por cima.
Quando o jogo não o fazia crer, o Benfica empata aos 36 minutos. Cruzamento de Nélson Semedo na direita, e a bola chega a Gaitán que remata para o fundo das redes de Oblak. Com o golo, o Benfica conseguiu acalmar o jogo e afastar a bola da sua baliza. Pouco de mais importante aconteceu até ao intervalo, e 1-1 era o resultado que se verificava.
O Benfica não entrou mal no jogo. O jogo foi dividido até aos 15 minutos, mas depois naquele período até ao empate de Gaitán, passámos enormes dificuldades. Durante esse tempo, a equipa não conseguiu ter bola e sofreu muito por isso. Os desequilíbrios causados foram muitos, com várias bolas nas costas da defesa. Gaitán pouco ajudava Eliseu na parte defensiva e com Juanfran a subir constantemente, era uma grande problema.
Jardel e Luisão demoraram a acertar, levando com várias bolas nas costas. A linha defensiva teve alguns problemas, não resultando nada bem e não conseguindo colocar os jogadores adversários em fora de jogo. Eliseu teve bastantes problemas. Os movimentos interiores de quem caía junto a ele e as subidas do lateral contrário, foram um grande problema. Foi muitas vezes apanhado em inferioridade numérica por aquele lado. Nélson Semedo foi conseguindo estancar os lances pelo lado dele, mas teve muita ajuda de André Almeida e Gonçalo Guedes.
André Almeida e Samaris também tiveram muita dificuldade durante a 1ª parte. Fizeram várias compensações, mas depois os espaços apareciam noutros lugares. Com bola não estiveram nada mal, apenas a ressalvar aquela perda de bola de Samaris logo a seguir ao golo do Atlético. Gaitán acabou por marcar o golo do empate, mas até aí tinha estado mal, e a ajudar pouco defensivamente. Guedes pautou esta 1ª parte pelo que tem feito em jogos anteriores. Muito trabalhador e a ajudar constantemente Nélson Semedo.
Jonas esteve bem, tentando jogar entre linhas, mas claro, durante aquele período teve muitas dificuldades. Jiménez trabalhou muito, é um jogador diferente de Mitroglou. Fez muita pressão nos centrais e baixou muitas vezes para vir buscar a bola.
Jackson recebe a bola com 5 jogadores do Benfica por perto. Mesmo assim, recebe, dá mais um toque e serve o lateral esquerdo que segue sozinho naquele corredor.
Desde o momento do toque de cabeça de Jonas, foram perto de 50 segundos com a posse de bola, onde todos os jogadores do Benfica participaram na jogada que acabou com Jonas a rematar ao lado da baliza de Oblak. Podemos ver segurança na posse, jogadores a virem buscar a bola entre linhas, a procura da melhor solução e a saída do Benfica a jogar com um dos médios a ir buscar a bola na linha.
Jiménez é um jogador diferente de Mitroglou, como disse na análise que lhe fiz. Aqui, podemos ver o avançado mexicano a descer quase até ao meio-campo para ter bola.
O Benfica a defender com toda a gente as bolas paradas, como tem sido hábito.
Bola no lateral direito do Atlético que consegue cruzar para a área, aparecendo depois um homem solto na entrada da área. Tão caro que ia custar um lance assim.
A boa diagonal de Gonçalo Guedes, servida por um grande passe de Eliseu. Pena a bola ter sido cortada em cima da linha.
O Atlético Madrid pressionava muitas vezes alto no terreno. Podemos ver neste lance que Gabi - um dos médios mais defensivos - está a pressionar Júlio César.
Eliseu sai para o ataque, passando a Gaitán. A bola não chega ao número 10 do Benfica, sendo cortada antes, mas nem assim o jogador se preocupa em recuperar rapidamente.
Nélson Semedo sobe e é André Almeida que compensa no corredor direito. Nélson vai recuando para o seu corredor e André Almeida continua por lá. Samaris fica sozinho no meio, saindo depois à bola. Tabela simples dos jogadores do Atlético e buraco na frente da defesa.
Lance do golo do Atlético. Bola entra pelo meio de André Almeida e Samaris. Oliver segue mais rápido que André Almeida, enquanto Gaitán acompanha Juanfran com os olhos. Bola no lateral espanhol, e Samaris a acompanhar Oliver. Como Almeida está atrasado no lance, Correa fica sozinho, assim como Griezmann na entrada da área. Ninguém fecha aquele espaço na entrada, grande tabela e golo.
Benfica tenta pressionar, mas o Atlético sai muito fácil, já que não existiu muita qualidade nesta pressão.
O problema que a defesa teve em acertar a linha na 1ª parte.
O golo do empate. Nélson Semedo cruza na direita, e Gaitán a aparecer ao 2º poste para rematar para o golo, depois dos avançados terem arrastado os centrais e lateral direito.
Boa saída do Benfica em contra-ataque, mas tanto Jiménez como Jonas chegam atrasados ao cruzamento.
Como Gaitán mudou o seu posicionamento após o golo do empate. Já veio defender mais e fechar o seu corredor.
Para a 2ª parte, entrou a mesma equipa em campo. Aos 51 minutos e numa altura que a equipa jogava com 10 devido à lesão momentânea de Jiménez, o Benfica faz o 1-2. Grande jogada de contra-ataque e Gonçalo Guedes a finalizar após um grande passe de Gaitán.
Com o golo, o Benfica baixou um pouco as linhas, dando ainda mais a iniciativa de jogo ao adversário. Continuava a pressionar, mas mais abaixo no terreno. Aos 58 minutos, Júlio César faz duas grandes defesas seguidas, evitando o empate. 60 minutos de jogo e o Atlético volta a estar perto de marcar, mas Luisão faz um fantástico corte de cabeça.
O Benfica tinha agora muitas dificuldades em chegar com bola ao meio-campo adversário, jogando mais em saídas rápidas para o ataque e baixando as linhas. Aos 71 minutos, Rui Vitória mexe pela primeira vez. Sai Raúl Jiménez e entra Mitroglou.
Benfica fechava muito bem os espaços ao centro, obrigando o Atlético a jogar pelas alas e a fazer muitos cruzamentos para a área. Aos 73 minutos, entra Fejsa e sai Samaris. Pouco mudou no jogo com as substituições. Mitroglou veio tentar segurar mais os centrais adversários e Fejsa dar mais força ao meio-campo, numa altura em que já se notava muito cansaço.
Quem já estava muito cansado era Jonas. O avançado brasileiro pediu a substituição e para o seu lugar entrou Pizzi, aos 79 minutos. O jogador português foi colocar-se na frente dos dois médios defensivos, tentando dar alguma criatividade com bola e ser mais um homem a ajudar na luta de meio-campo e no fechar dos espaços.
O jogo caminhava para o final. O Atlético não conseguia entrar com bola pelo centro do terreno e até ao fim assistiu-se a muitos cruzamentos e bolas paradas, onde o Benfica esteve muito bem a limpar tudo. O jogo acabou mesmo, com o Benfica a ganhar por 1-2.
Quando se esperava uma entrada muito forte do Atlético na 2ª parte, foi o Benfica que marcou o golo, numa grande jogada de contra-ataque. Isto veio mudar o jogo. A partir daí, as linhas do Benfica foram baixadas. A equipa foi muito solidária, ajudando sempre nas compensações. Existiu pouca posse de bola na 2ª parte - principalmente em zonas adiantadas do terreno - mas isso também se percebe. Estava a ganhar fora e a jogar contra um adversário muito forte.
Como disse, a equipa baixou a linha e os centrais ficaram mais confortáveis e foram cortando todas as bolas que apareceram pela zona central do terreno, fazendo uma grande 2ª parte. Eliseu melhorou também, não subiu nenhuma vez, e foi fechando os espaços do seu lado, contando já com mais ajuda dos colegas de equipa. Ajuda essa que Nélson Semedo continuou a ter do seu lado. O lateral do Benfica foi o jogador que, a par o Gaitán, conseguiu esticar mais vezes a equipa na frente, subindo pelo seu corredor com bola. É muito importante isto. Permite à equipa respirar um pouco e subir no terreno.
Samaris e André Almeida continuaram a tapar os espaços no meio e a fazer as devidas compensações. Depois do golo, já pouco subiram no terreno e ficaram mais recuados, roubando também muitas bolas. O jogador grego estava já muito esgotado, é natural que isto aconteça enquanto ele não aprender a gerir o seu esforço e ser mais criterioso em relação aos espaços que ocupa e nos desarmes que tenta fazer. Gaitán esteve muito bem na jogada do golo, tirando o adversário da frente e assistindo depois Gonçalo Guedes. Nesta 2ª parte, ajudou mais Eliseu em tarefas defensivas. Perto do fim do jogo, teve algumas más decisões, que lhe valeram perdas de bola. Guedes apareceu muito bem no golo que marcou e continuou a ser um jogador muito solidário defensivamente.
Jonas teve pouca bola, mas a que teve, foi jogada com critério, como no lance do golo. Depois já estava muito desgastado, mas até ser substituído, fechou muito bem as saídas a jogar do Atlético. Jiménez foi o que tinha sido na 1ª parte, a dar trabalho aos defesas da equipa espanhola, lutando sempre pela bola. Mitroglou, como é normal, teve pouco jogo para se mostrar muito, mas colocou em sentido a defesa adversária. Fejsa foi importante. Numa altura critica, veio dar força ao meio-campo. Já Pizzi entrou mal, perdendo quase todas as bolas em que tocou.
Jogada do golo. Gaitán recupera e entrega em Jonas, continuando depois a fazer o movimento de saída para o ataque. Jonas recebe e entrega, fazendo um pequeno compasso de espera para Gaitán estar em melhor posição para receber. Assim que Guedes vê que a bola vai entrar no extremo argentino, acelera logo na saída para o ataque. Gaitán tira o adversário do caminho e faz um grande passe para Guedes, que na cara de Oblak atira para o golo.
Podemos ver aqui Luisão a corrigir o posicionamento de Nélson Semedo.
Benfica a meter muita gente na área mas a esquecer-se do espaço na entrada da área. Fantásticas defesas de Júlio César.
Nélson Semedo a partir os rins a Oliver Torres sem tocar na bola.
Mais uma vez, o jogo de compensações entre Almeida e Nélson Semedo. Neste lance, poderia ter sido Almeida a sair naquela zona de Jackson, ficando Nélson Semedo na sua posição, mas como já temos visto, há cada vez mais referências individuais e não de zona.
Desatenção do Benfica e o jogador da equipa espanhola a entrar fácil entre linhas.
Grande saída do Benfica para o ataque, com Nélson Semedo em evidência. Bom toque de calcanhar de Raúl Jiménez mas depois o médio espanhol recupera bem.
Como se posicionava muitas vezes o Benfica depois de estar em vantagem. Jogadores todos muito próximos e Gonçalo Guedes a ser quase um defesa.
Mais uma boa saída para o ataque, mas o passe de Jiménez sai demasiado para a frente.
Mais uma vez Guedes a ajudar muito a defesa.
Jardel a sair ao homem e Samaris a ir fazer o lugar dele.
Muita qualidade e classe de Jonas.
Pena que este passe não tenha entrado ou que Gaitán não tenha esperado mais um pouco. Seria uma situação de 3 para 1.
Esta foi uma grande vitória do Benfica. A equipa sofreu muito, mas nestes jogos é preciso saber sofrer. Teve também a sorte do jogo, mas já merecia, pois quase nunca a tem tido durante a época. Estes desafios só se podem ganhar com um colectivo muito forte e foi isso que foi demonstrado no campo. Jogadores a ajudarem-se mutuamente e muito solidários. A equipa tentou manter a sua identidade e durante alguns períodos da 1ª parte isso foi conseguido. Ter posse de bola, mesmo que não se crie muito perigo com ela, vai permitindo aos jogadores descansar um pouco e manter a bola longe da sua baliza. Com isso, dá para acalmar o ritmo a que se joga, o que é muito importante em alguns momentos.
Rui Vitória esteve bem, tanto na escolha do 11 como nas substituições. Claro que agora é fácil dizer isso porque resultou, mas diria o mesmo caso não tivesse resultado. Penso que tem aprendido um pouco com os erros, e isso viu-se neste jogo com a substituição de Samaris por Fejsa aos 70 minutos. Situação igual ao que aconteceu no Estádio do Dragão, com a equipa a começar a ceder e a precisar de força ali no meio-campo. Samaris já pouco andava e Fejsa veio dar outra consistência na ocupação daquele espaço.
Era um jogo muito difícil para a defesa. Teve muitas dificuldades na 1ª parte. Ainda há ali muita coisa para trabalhar. Confesso que ainda não percebi se as compensações são mesmo feitas da maneira que aconteceram neste jogo e se isso é mesmo a ideia que se trabalha. Vejo Nélson Semedo a sair sempre ao homem, com André Almeida a compensar logo. Depois do outro lado não vejo Eliseu a sair ao homem como faz Nélson, e o Samaris ali não tem nenhuma tendência para compensar. O jogador grego é quem compensa os centrais que vão saindo muitas vezes ao homem. Estas compensações precisam de ser melhor trabalhadas, são muito perigosas caso não resultem e nem sei se isto é o melhor. Semedo e Almeida têm de ser mais rápidos a recuperar e não estarem os dois a ocupar o mesmo lugar.
Gonçalo Guedes ajudou muito a equipa. O trabalho defensivo que tem feito é notável. Depois sai muito rápido para o contra-ataque e sabe movimentar-se sem bola. Mereceu o golo que marcou. Gaitán apareceu nos dois golos, mas até esse primeiro golo, pouco ou nada tinha feito. Tem de ajudar mais Eliseu. Eu acho que Rui Vitória lhe tem dado mais liberdade para não descer tanto no terreno, mas a equipa estava a sofrer muito com isso. A partir do golo que marcou, ele mudou o seu posicionamento e ajudou a fechar o corredor. Jonas é demasiada classe, é um jogador incrível. Jiménez mostrou que o Benfica pode estar descansado em relação a qualquer dos seus três avançados.
Foi uma grande noite europeia do Benfica. Na Europa dos grandes, onde eu acho que o Benfica deve fazer tudo para ir o mais longe possível. E que bom foi assistir a isto in loco. Agora é ir com tudo contra o União da Madeira. A equipa não pode relaxar.
Texto escrito por P1nheir8, editor do blog. O artigo completo tem imagens ilustrativas dos lances.
Artigo completo.
submitted by veribaka to benfica [link] [comments]


2015.09.28 18:40 veribaka [Blog] Análise ao Benfica vs Paços de Ferreira (Eu visto de vermelho e branco)

Na 6ª jornada da Liga NOS, o Benfica recebeu em casa o Paços de Ferreira. Para este jogo, Rui Vitória fez entrar a mesma equipa que tinha defrontado o FC do Porto na jornada anterior.
O Benfica entrou a dominar o jogo e a posse de bola. Aos 4 minutos, boa jogada entre Jonas e Gonçalo Guedes, mas Marafona evita o primeiro golo da partida. Pouco tempo depois, através de um remate de longe, Jota leva algum perigo à baliza de Júlio César. Por volta do quarto de hora, voltamos a chegar com perigo à baliza adversária, após boa jogada entre Gaitán e Jonas. Foram 15 minutos iniciais bons do Benfica, a conseguir chegar ao ataque com bola, apesar da boa organização defensiva do Paços de Ferreira.
Se era esperado que Samaris fosse o 8 da equipa e que André Almeida jogasse mais recuado, não era isso que se verificava. Ou jogavam muitas vezes a par, ou era Almeida a estar mais adiantado no terreno. A equipa de Jorge Simão não pressionava muito alto, apenas na entrada do seu meio-campo, tentando tapar os espaços entre linhas. Aos 21 minutos, Jardel faz um mau passe na saída a jogar e o Paços de Ferreira tem uma boa oportunidade para marcar, mas o remate sai um pouco ao lado.
Os minutos iam passando e o Benfica ia tendo cada vez mais dificuldade em chegar com a bola ao ataque. A equipa da capital do móvel começou a subir um pouco mais no terreno e a posse de bola do Benfica era agora mais lenta. O Paços de Ferreira marca aos 32 minutos, mas o golo é bem anulado por fora de jogo.
Perto dos 34 minutos e quando menos Benfica tínhamos no jogo, aparece o melhor jogador do campeonato a marcar um grande golo. Jonas a colocar a bola na gaveta da baliza de Marafona, com um grande remate de pé esquerdo. Pouco tempo depois, o Paços de Ferreira tem um contra-ataque muito perigoso, mas Jota atira ao lado. Aos 39 minutos, Jonas quase marca de novo com um remate de longe, mas desta vez a bola sai ao lado. O jogo chegou ao intervalo com o Benfica a vencer por 1-0.
Esta foi uma 1ª parte boa do Benfica até perto dos 20/25 minutos, depois o jogo da equipa desceu de qualidade. Começou com uma boa posse de bola, dinâmica, com velocidade, a conseguir chegar ao ataque e a criar perigo. Depois, tudo o que foi mencionado desceu de qualidade. O Paços de Ferreira também se apresentou bem organizado no Estádio da Luz, tentando evitar que o Benfica conseguisse chegar perto da sua baliza. Até não se notou tanto como era esperado a falta de capacidade ofensiva dos dois médios.
A defesa esteve a um nível aceitável, tirando a saída a jogar em que Jardel faz um mau passe e o contra-ataque em que não se conseguiu parar Jota. Eliseu e Nélson Semedo subiram pouco na 1ª parte e causaram poucos desequilíbrios. Samaris e André Almeida estiveram também num nível aceitável, mas precisam de coordenar melhor o espaço que deixam entre eles e a defesa e as zonas a que cada um vai.
Gaitán esteve abaixo do nível que se espera dele. Guedes também fez uma aceitável 1ª parte, sem dar muito nas vistas mas fez alguns bons movimentos. Jonas foi mais do mesmo, começam a faltar palavras. É um jogador genial, mas não só com bola. Mitroglou esteve abaixo do que tinha feito nos últimos jogos. Mais preso de movimentos e a participar menos no jogo ofensivo da equipa.
Se nos jogos anteriores o Benfica aparecia a fazer as saídas a jogar apenas com os centrais, desta vez aconteceu algo de diferente. A equipa tinha diversas saídas. Ora apenas com os centrais - como tinha sido hábito -, ora aparecendo um dos médios a fazer de 3º central. Nestes casos, vimos que tanto acontecia o médio meter-se no meio dos centrais, como de aparecer numa das linhas.
Uma boa troca de bola do Benfica. Jonas a receber entre linhas, Mitroglou a vir dar o apoio frontal e André Almeida a virar o jogo para Gaitán.
Porque é fácil o futebol com Jonas. Gonçalo Guedes faz um movimento interior com bola. Jonas sai do meio dos centrais e com uma simples tabela tira 4 adversários do lance.
Lance de ataque do Paços de Ferreira. André Almeida a fazer a pressão e Samaris na mesma linha que ele. O médio grego não tenta ocupar o espaço mais à sua direita, mesmo quando o jogador adversário que tem bola faz o movimento para jogar para aquele lado. Quando se apercebe da movimentação do outro médio, já é tarde, permitindo a tabela. Luisão ainda ameaçou sair naquele espaço e Nélson Semedo foi ultrapassado pela movimentação do extremo.
Como já disse, André Almeida apareceu muitas mais vezes que Samaris em zonas adiantados do terreno.
Neste lance, mostro a jogada que Gonçalo Guedes deveria ter feito. Era só dar de primeira em Jonas que dá o apoio frontal e rodar para ir buscar depois o passe do colega de equipa, mas o jovem extremo decidiu mal.
Péssima decisão de Eliseu e falta de um médio para aparecer no meio a pedir a bola. Era mais seguro dar em Jardel e depois a bola ser rodada para o outro lado.
André Almeida.
Samaris com bola. Gonçalo Guedes faz a diagonal levando o lateral, aparecendo muito forte Nélson Semedo na direita, onde entra o bom passe do médio grego. Lateral sai a Nélson Semedo e Guedes fica sozinho para receber.
Boa compensação de André Almeida a Nélson Semedo, com a equipa a descer rápido e a controlar o espaço nas costas.
Como tirar 3 adversários do lance com uma tabela.
O entendimento nas transições ofensivas precisa de ser melhorado. Este é o típico lance que acontece muitas vezes.
Samaris a entrar à queima na linha, sítio que lhe é sempre favorável, podendo fazer a contenção e não deixar o adversário avançar. Com isso, foi ultrapassado e depois André Almeida volta a recuperar muito bem.
Equipa a demorar muito a sair em transição ofensiva.
O melhor jogador do campeonato.
Jogadores do Benfica a entrarem à queima e a serem ultrapassados por uma tabela, onde até estavam em superioridade numérica. Depois não existiu velocidade para acompanhar o jogador adversário.
A tal jogada que o Benfica faz muitas vezes. Gaitán abre bem na linha e Mitroglou vem chegar perto, arrastando o central e abrindo o espaço no meio do terreno. Gaitán dá de primeira para o avançado grego, fazendo logo o movimento de entrada no espaço, onde esperará a tabela de primeira. Neste caso, até foi Gaitán e Eliseu a fazer o mesmo movimento, mas infelizmente Mitroglou não conseguiu fazer o passe.
Rui Vitória não mexeu na equipa e entrou o mesmo 11 em campo depois do intervalo. Os primeiros 10 minutos da 2ª parte foram os piores do Benfica no jogo. A equipa entrou muito apática, a ver jogar e com muita lentidão. Aos 59 minutos e após uma boa saída do Benfica para o ataque, Mitroglou aparece na cara de Marafona, mas o guarda-redes do Paços defende a bola para canto. Pouco tempo depois, o avançado grego é substituído, entrando Raúl Jiménez.
Com o passar dos minutos, o Benfica ia melhorando, voltando a ser aquela equipa dos primeiros 20 minutos de jogo. Já dominava outra vez. A posse de bola era feita com mais velocidade e conseguia chegar à baliza adversária. Tudo isto é traduzido no golo de Gonçalo Guedes aos 67 minutos, após assistência de Gaitán.
Os minutos passavam e era o melhor Benfica no jogo, já com um Paços mais desorganizado. Jonas quase bisa aos 70 minutos, após desviar um remate de Gonçalo Guedes. Jiménez entrou bem no jogo, mexendo com a equipa. Pouco depois, Jonas faz mesmo o 3-0, após assistência de Gonçalo Guedes.
Carcela faz a sua estreia no Estádio da Luz aos 78 minutos. O extremo marroquino entra para o lugar de Gonçalo Guedes. Rui Vitória mexe de novo aos 81 minutos. Entra Talisca e sai Samaris. O jogo já se arrastava para o fim. O Benfica tentava pausar o jogo, procurando guardar a bola com mais segurança.
Júlio César evita o golo do Paços aos 84 minutos, com uma defesa atenta. Luisão quase marca aos 86 minutos, mas a bola vai ao poste, depois de um canto marcado por Gaitán. Nada de mais importante aconteceu, e o Benfica venceu o jogo por 3-0.
O Benfica entrou muito mal na 2ª parte, mas depois acordou e voltou a colocar em campo um futebol agradável. A entrada de Jiménez foi importante, o avançado entrou muito bem e veio mexer com o jogo da equipa e com a organização defensiva do Paços de Ferreira. A equipa chegou várias vezes à baliza adversária, fez boas jogadas e causou muitos desequilíbrios com uma posse de bola rápida e dinâmica.
A defesa esteve bem nesta 2ª parte, controlando quase tudo o que havia para controlar. Os laterais subiram mais no terreno, o que ajudou ao jogo ofensivo da equipa. Samaris e André Almeida mantiveram o nível da 1ª parte, com André Almeida a fazer um belo jogo. Gaitán não foi o que nos tem habituado, mas desequilibrou nas jogadas dos dois golos. Guedes também esteve bem, a marcar o golo que tanto procurava e numa boa assistência para o golo de Jonas.
Jonas é o normal, não há muito a dizer. É um enorme jogador e que aos 81 minutos andava a correr numa transição defensiva como se tivesse 18 anos. Mitroglou fez um mau jogo. Pareceu muito preso e falhou a oportunidade de marcar o seu habitual golo da ordem. Carcela teve pouco tempo para se mostrar mas entrou com vontade em campo.
Para os lances desta 2ª parte, apresentamos uma novidade ns nossas análises.
Os lances em análise da 2ª parte.
Depois de uma derrota na jornada anterior, este seria sempre um jogo difícil. Os maus resultados mexem sempre com uma equipa e era muito importante a vitória neste jogo, ainda para mais com o empate do FC Porto na 6ª feira. Esperava que Rui Vitória fosse colocar alguém mais ofensivo a 8, mas ele apostou outra vez na dupla André Almeida e Samaris. Ganhou a aposta para este jogo, já que corresponderam bem, apesar de se notar em várias situações que nenhum deles consegue dar ofensivamente à equipa aquilo que o jogo muitas vezes pede. É natural, são jogadores mais defensivos. Creio que o treinador do Benfica tentou também ganhar mais rotinas entre os dois, já preparando o jogo da Liga dos Campeões, onde esta dupla deve ser de novo titular.
Uma coisa que tem estado mal, é que a equipa entra sempre mal para a 2ª parte. São normalmente os piores minutos do Benfica em campo e demoram sempre muito a voltar a entrar no jogo. Penso que Rui Vitória com o jogo resolvido, deveria ter dado descanso a Jonas e Gaitán, por exemplo. São dois dos jogadores mais desgastados da equipa, são também os dois melhores e é importante gerir bem a condição física deles.
A defesa ganha cada vez mais rotinas, parece-me que estão encontrados definitivamente os jogadores que jogarão mais vezes ao longo da época. Ainda há erros que precisam de ser corrigidos e que poderão custar muito caro contra jogadores de outro calibre. Os defesas parecem ter cada vez mais referências individuais e não de zona. Vamos ver se resulta. Com Jardel, a equipa ganha muitas coisas, não é por acaso que desde que chegou, Júlio César deixou de levar com jogadores isolados na sua cara - tirando Aboubakar e André André - já que a profundidade é melhor controlada. Contudo, tem de ter mais cuidado nas saídas a jogar. Já se sabe que tecnicamente não é bom, e falhas como a que teve neste jogo não podem acontecer.
Samaris continua a ter várias más abordagens ao lances, como lhe tenho apontado em muitos jogos. Ainda não percebeu que não pode ir a todas as bolas, nem fazer desarmes em todos os lances, sendo que é preferível ficar mais em contenção para tapar os espaços. Precisa de se entender melhor com André Almeida na ocupação de espaços. Gonçalo Guedes precisa ainda de crescer muito na tomada de decisão e em perceber o que deve fazer em cada situação. Onde está mais adulto é na recuperação defensiva. Com os erros irá aprender. Jiménez entrou muito bem, é um jogador diferente de Mitroglou. O Benfica tem três grandes avançados, jogue quem jogar a equipa estará sempre bem servida. Veremos se o avançado mexicano vai ter oportunidade de ser titular no jogo da Liga dos Campeões.
Segue-se agora um jogo muito difícil. O Atlético Madrid tem uma grande equipa e é o favorito no grupo. Apesar de não ser nem de perto nem de longe o favorito, espero um bom Benfica a apresentar-se na capital espanhola.
Texto escrito por P1nheir8, editor do blog. O artigo completo tem imagens ilustrativas dos lances.
Artigo completo.
submitted by veribaka to benfica [link] [comments]


2015.08.26 15:45 veribaka [Blog] Análise à 2ª jornada da Liga NOS (Eu visto de vermelho e branco)

Depois da vitória frente ao Estoril em casa, a equipa do Benfica deslocou-se ao Estádio Municipal de Aveiro para defrontar o Arouca. Houve apenas uma mudança na equipa titular, com a entrada de Samaris para o lugar de Fejsa. Esperava-se um Benfica forte e com vontade de ganhar, perante uma maré vermelha em Aveiro e depois dos deslizes de Porto e Sporting na luta pelo título, podendo a equipa assumir a liderança isolada no campeonato.
Essa entrada forte em campo aconteceu mesmo, mas não do Benfica. Aos 2 minutos de jogo, o Benfica já estava em desvantagem no marcador. A equipa nos primeiros minutos tentou ter bola mas falhou imensos passes, não conseguindo chegar com ela aos avançados. Aos 8 minutos, um jogador do Arouca aparece isolado na cara de Júlio César, mas o guarda-redes brasileiro evita o 2-0.
Chegamos pela primeira vez à baliza adversária aos 12 minutos, após um remate de Gaitán. O jogo da equipa de Rui Vitória já estava um pouco mais estabilizado e já começava a ser visível algum domínio no jogo aos 20 minutos. Mesmo assim, após um canto o Arouca volta a estar muito perto de marcar, mas Júlio César volta a evitar que isso aconteça.
A partir desse momento, o Benfica começou realmente a apertar o adversário. Pizzi com um remate de longe e Nélson Semedo após uma diagonal para a área, quase que empatam o jogo.
Até ao intervalo, o Benfica dominou o jogo, conseguindo remeter o seu adversário ao meio-campo defensivo. Foram a par dos últimos 15 minutos contra o Estoril, os melhores minutos da equipa desde que Rui Vitória chegou. Equipa com muita bola, a tentar jogar na grande parte das vezes com a bola no pé, a movimentar-se bem, a fazer pressão alta e recuperar rapidamente a bola. O Benfica quase marcou em vários lances, sendo o mais flagrante quando um defesa do Arouca evita em cima da linha o golo de Mitroglou. Mesmo depois do domínio avassalador, o Arouca foi para o intervalo a vencer por 1-0.
Esta primeira parte teve um inicio péssimo por parte do Benfica. Se o que se esperava era uma equipa a pressionar muito e sem deixar respirar o Arouca, o que se verificou foi precisamente o contrário. A equipa entrou completamente a dormir, e valeu Júlio César a evitar mais dois golos feitos, já que no golo nada podia fazer. Depois disso, o Benfica conseguiu começar a jogar e a pressionar o adversário, que foi obrigado a baixar muito as linhas.
Continuou nesta primeira parte o problema que tem acontecido este ano, a falta de desequilíbrios provocados nas equipas adversárias através de jogadas. Os únicos que conseguiram fazer isso, foram Ola John e Nélson Semedo, com as suas combinações pela ala direita. Tudo o resto acabou por ser conseguido através de remates de longe, recuperações de bola alta - onde o Benfica conseguiu fazer ali 15 minutos muito bons - ou lances de bola parada com cruzamentos para a área, apesar de se ter notado uma preocupação maior em trabalhar a bola e jogar.
A defesa começou muito mal e nervosa, sendo o lance do golo o espelho disso. Samaris falhou muitos passes, só lá para os 30 minutos começou a jogar. Pizzi na parte ofensiva esteve bem melhor que na semana passada, na parte defensiva já se sabe o quão sofrível é e o que a equipa sofre com isso. Ola John esteve bem nesta 1ª parte, bem melhor que Gaitán, por exemplo. Jonas e Mitroglou estiveram algo perdidos, com pouca bola e com o aglomerar da equipa do Arouca no seu meio-campo a partir de certa altura, ainda mais difícil foi para eles. Mitroglou mostrou nesta 1ª parte o seu instinto de ponta-de-lança, com duas belas cabeçadas, mas o seu jogo precisa de ser muito mais alimentado, já que o Benfica cria muito pouco jogo ofensivo com chegadas à área.
Lance do golo do Arouca. Podemos ver como a bola passa pelo meio de 5 jogadores do Benfica, entrando no médio do Arouca que recebe já dentro da área. Situação de dois para três perto da área, duas linhas de passe, os dois defesas do Benfica não estão posicionados adequadamente, jogador isolado e golo.
Movimento interior de Ola John, Jonas também baixa e os dois quase que chocam para receber a bola no mesmo espaço.
Durante este jogo, foram várias as vezes que o Benfica defendeu os cantos com os 11 jogadores na área.
Pizzi com bola e ninguém a dar apoio naquele espaço todo do lado esquerdo. Vemos Luisão de braço no ar a pedir a alguém para abrir daquele lado, mas acabou por sair um passe longo. Muito espaço também entre o portador da bola e os 5 homens que estão na linha avançada, sem ninguém baixar para receber. Também podemos ver a marcação quase individual que Jonas teve durante o jogo todo para não vir ter bola.
Jogada de ataque do Benfica em que perde a bola infantilmente. Mesmo com a bola, a equipa está mal posicionada, com dois jogadores a irem receber a bola quase um em cima do outro, depois com passe daqueles, ainda pior.
Um bom movimento por parte de Ola John e Nélson Semedo.
Para a 2ª parte, Rui Vitória deixou Ola John no balneário e fez entrar Victor Andrade para o seu lugar. Depois do intervalo, aquela equipa que pressionou tanto, teve muita bola e foi agressiva no jogo durante os últimos 20 minutos da 1ª parte, ficou dentro dos balneários. O jogo passou a ter um ritmo muito mais baixo, precisamente o que o Arouca pretendia.
Vinte minutos onde muito pouco de importante aconteceu. Ritmo baixo e pouca pressão, Arouca com linhas baixas e a tentar aproveitar as saídas para o contra-ataque. Muito individualismo e pouco colectivo no Benfica. Aos 68 minutos, Rui Vitória faz entrar Carcela e sai Eliseu. O jogador marroquino foi colocar-se a lateral esquerdo, tentando dar mais profundidade ao corredor, ou pelo menos era essa a intenção. O tempo passava e o desespero da equipa e adeptos aumentava. Nada mudou no que se ia passando em campo e aos 78 minutos entra Jiménez e sai Samaris. O avançado mexicano foi colocar-se junto a Mitroglou, com Jonas a descer um pouco mais e Pizzi a ser o único médio da equipa.
Nesta altura, já se jogava sem qualquer critério - ainda mais -, Gaitán já tinha trocado com Carcela, sendo agora o argentino a fazer a posição de falso lateral esquerdo. Aos 83 minutos, talvez a única boa jogada do Benfica na 2ª parte, mas Jiménez atira por cima. Neste momento era tudo ao molho e fé em Deus, já não havia discernimento para mais.
Aos 93 minutos, Jonas quase marca após uma bola bombeada para a área, mas a bola acaba por sair ao lado. O jogo acabou pouco depois, com o Arouca a vencer o Benfica por 1-0.
Esta 2ª parte foi péssima. Se a equipa tem mantido o nível daqueles últimos 15/20 da 1ª parte, acabaria por pelo menos não perder o jogo, mas a exibição foi paupérrima nos segundos 45 minutos. Deixou de haver pressão, deixou de haver ritmo alto, deixou de haver circulação de bola com velocidade e tentativas de chegar à baliza com pés e cabeça. O que houve, foram ainda mais cruzamentos para a área, jogadas individuais, remates sem qualquer critério e uma anarquia em campo. Uma equipa como o Benfica, estando a perder ao intervalo, não pode vir para a 2ª parte com esta atitude. Não sei se já perceberam os treinadores, jogadores e dirigentes, mas isto é o Benfica, não é o Paços de Ferreira ou o Nacional da Madeira.
Pizzi foi abaixo, estava de rastos fisicamente, depois de um bom jogo ofensivamente na 1ª parte. Samaris até subiu de produção, o que não era difícil, mas quando estava a pegar mais na bola foi substituído. Victor Andrade entrou muito individualista, ao contrário do que aconteceu na semana passada. Sempre tem o mérito de agitar o jogo e ainda o conseguiu algumas vezes, mas não pode ser visto como um salvador e tem de levantar a cabeça e procurar os colegas de equipa. A bola chegou pouco aos avançados, o Arouca fechou-se muito bem e tapou os espaços. Gaitán esteve horrível, estando longe do que nos habituou.
Lance de ataque do Arouca, bola na linha com cruzamento para a área. Luisão não consegue cortar o lance e Lisandro perde infantilmente a frente. Por muita sorte não deu golo.
Podia ser um resumo da exibição do Benfica na 2ª parte e de Gaitán. Apoios perto para tentar uma tabela, e das duas vezes ele tenta despejar a bola para a área.
Três jogadores do Benfica tentam impedir a saída da equipa do Arouca, mas são facilmente iludidos por um jogador adversário. Passe para o meio e situação de dois para dois.
Arouca a mostrar ao Benfica como se sai da área a jogar. Futebol ao primeiro toque, movimentações e tudo parece fácil. Samaris e Lisandro apanhados a meio da viagem no mesmo lance.
Repare-se nestas jogadas e nestes dois jogadores. Está aqui demonstrada a forma como Lito Vidigal montou a sua equipa com a preocupação de evitar que Jonas receba a bola solto entre linhas ou consiga jogar. No primeiro lance, mesmo com Victor Andrade a receber ali a bola, a primeira preocupação do médio é perceber onde está Jonas. No segundo, podemos ver o médio a chamar o colega de equipa para chegar junto a Jonas, já que ele estava mais longe.
Supostamente, Carcela entrou para dar largura ao corredor, mas repare-se neste lance. Oito jogadores do Benfica em zona ofensiva do terreno e isto em metade da largura do campo, com Gaitán e Carcela a jogarem interiormente.
Outra vez Gaitán, com hipótese de abrir em Carcela e tenta o remate com tanta gente a sair ao seu caminho. O Gaitán que todos conhecemos, antes de receber a bola já sabia que os defesas e médios iam sair à bola e ele iria meter a bola em Carcela, criando o desequilíbrio.
Centrais a construir jogo e o resultado é este.
A única boa jogada do Benfica na 2ª parte. Foi pena não ter dado golo, com tudo a ser bem feito até à finalização.
Se na semana passada dei os parabéns a Rui Vitória pelas substituições, esta semana nem sei que dizer. O que ele fez, foi digno de alguém que estava num qualquer café a jogar à sueca e a ver o jogo. Primeiro, retira Ola John ao intervalo, que por muito que eu e a maioria dos adeptos já não tenha paciência para ele, estava a fazer um bom jogo, sendo ele e Nélson Semedo quem mais iam conseguindo criar desequilíbrios na ala direita. Foi a típica substituição de quem quer mostrar que está no banco e mudar algo, mas mudar numa altura em que a equipa vinha de 20 minutos tão bons?! O treinador do Benfica decidiu que tinha de mexer, olhou para a frente de ataque e viu Gaitán, Mitroglou e Jonas, e nenhum destes ia sair, por isso escolheu o patinho feio. Isto não faz sentido. A substituição seguinte foi colocar Carcela no lugar de Eliseu, que até lá bem no fundo percebo que a ideia fosse dar mais largura ao ataque por aquele flanco, mas como é que se vai dar largura se Carcela é um jogador que na esquerda rende muito menos, que procura quase sempre o jogo interior no um para um e não tem rotinas para fazer aquilo como se viu? Por último, coloca mais um avançado, retira um médio, deixando de ter alguém para pegar no jogo, já que Pizzi estava muito desgastado. O que aconteceu foi, os centrais andarem no meio do meio-campo ofensivo a construir jogo como qualquer equipa do INATEL faz. Logo na altura em que a equipa mais precisava de alguém para pegar no jogo, já que o Arouca não subia as linhas por nada. Vão pensar que na semana passada ele era o maior e esta semana já não é, mas não, a questão está longe de ser essa. Na semana passada viu o que estava mal e tentou corrigir, esta semana fez substituições sem qualquer critério e sem perceber o que se passava em campo. Até acho que se fossem feitas as mesmas substituições que fez na semana passada e pela mesma altura do jogo, a história poderia ser outra. Não há volta a dar, esteve mal e cedeu a caprichos, sejam eles quais forem.
A defesa do Benfica continua com problemas. A equipa leva com demasiadas bolas nas costas, tem muita dificuldade em controlar a profundidade da equipa. Luisão baixa mais que o normal, e isso acontece porque a pressão não é tão boa e ele sente essa necessidade de baixar no campo. Júlio César já viu mais jogadores isolados perante si em dois jogos, que em meses de outras épocas. Não se pode permitir que as equipas que jogam contra nós tenham tantas oportunidades flagrantes de golo, já que em dois jogos elas foram demasiadas para o que elas valem.
O Benfica precisa de alguém que faça andar a equipa, o processo ofensivo continua fraco. Sim, sei que o Benfica rematou muito, mas a grande parte dessas ocasiões foram remates fora da área ou de bolas paradas. Também contam se marcarem, eu sei, mas é mais provável a equipa marcar 2 golos se aparecer 10 vezes com a bola controlada em igualdade ou superioridade numérica em zonas de finalização do que se fizer 30 remates de longe e 30 cruzamentos sem grande nexo. Precisamos de criar jogo para os nossos avançados, eles têm muita qualidade, mas precisam de bola na frente jogável, que sejam alimentados e que a equipa com o seu processo ofensivo crie oportunidades.
É preciso mais ideias, mais futebol, mais tudo, que assim vai ser muito difícil. Não é ser profeta da desgraça, é ser realista, e eu até acreditava que Rui Vitória poderia ser um agradável surpresa. Se eu visse a equipa com ideias e a jogar bom futebol, pensaria que mais tarde ou mais cedo isto ia alinhavar, mas até agora não se vê nada disso. Continuamos a precisar de reforços, pelo menos dois para entrar de caras na equipa. Não me interessam o que os outros clubes jogam ou fazem nos jogos deles, interessa é que o Benfica faz em campo, o meu Benfica.
Texto escrito por P1nheir8, editor do blog. O artigo completo tem imagens ilustrativas dos lances.
Artigo completo.
submitted by veribaka to benfica [link] [comments]


2015.07.08 02:30 um--no Sobre direita, esquerda e o movimento LGBT

Este texto foi postado na página Socializando do facebook. Recomendo muito para quem não quer ver apenas imagens, mas conteúdo e argumentos.
Confusões sobre o que é ser de esquerda
A aprovação do casamento entre pessoas do mesmo sexo nos EUA, que foi algo importante, levou muita gente a criar uma nova forma de classificar a "esquerda" e a "direita", forma totalmente equivocada. Nesta nova forma a esquerda seria a parte das pessoas que é a favor de mais liberdades individuais, a favor das minorias em geral, e a direita seria contra, de forma conservadora. Essa divisão não existe, tanto porque não é esse elemento o que define esquerda e direita, quanto - e por consequência - por haver gente de direita que aprova tais medidas e gente de esquerda contra.
O que define ser de esquerda?
O termo surgiu na revolução francesa e significa, abstratamente, aqueles que consideram essencial, para a melhoria da sociedade, que uma nova ordem econômica e social seja instaurada. Ou seja: esquerda é a parte das pessoas que é contra a ordem econômica e social vigente, no caso atual isso significa ser contra o capitalismo. Aqui entram anarquistas, socialistas, comunistas, etc.
E direita, opostamente, é a parte das pessoas que acha que não é necessário modificar as estruturas da sociedade, e que as coisas podem ser melhores apenas reformando aspectos secundários. Aqui entram liberais, conservadores, republicanos, socialdemocratas (sim, socialdemocratas, mesmo que possamos considerá-los a "esquerda" da ordem, pois a socialdemocracia deixou de almejar mudanças estruturais quando trocou Marx por Keynes), etc.
E as liberdades individuais? Nesse aspecto tanto a esquerda racha, se divide; quanto a direita se divide. Há uma parte da esquerda que acha que devem ser maximizadas, e que mais liberdades não trazem problemas, então é favorável a todas as pautas de minorias; e há também setores que acham que não, que a tradição é importante, que isso acaba colocando o povo contra a esquerda, ou mesmo que as minorias não podem suplantar a maioria. E a direita tem a sua parte que é liberal moralmente, que admite completamente a maximização das liberdades individuais e atende as pautas de minorias; e tem a ala conservadora, tradicionalista, fundamentalista, etc, que é totalmente contra.
Ou seja: mesmo que nós - da página - façamos parte da esquerda que é favorável às pautas de minorias, não é tal posição que define o que é ser de esquerda ou de direita.
submitted by um--no to BrasildoB [link] [comments]


2015.04.17 10:57 veribaka Crónica da Leonor Pinhão

O Valência voltou à Luz no sábado. Lá estiveram sentadinhos os seus prospetores cheios de euros e de dólares e de vontade de os gastar. Não conhecem local mais aprazível para ir às compras do que o Estádio da Luz. São as singularidades do mercado. Nada a obstar.
Entretanto regressaram a casa e, certamente, já apresentaram a Peter Lim o relatório de tudo o que lhes foi dado observar na hora e meia do jogo do Benfica com a Académica.
Se foram sérios na análise às exibições individuais dos jogadores do Benfica, e é para isso que lhes pagam, a esta hora os olheiros do Valência já devem ter sido todos despedidos.
E com justa causa.
O senhor Lim pode ter muito bom feitio e ser dono de uma generosidade sem limites mas, caramba, virem-lhe dizer que o melhor jogador do Benfica e da Liga portuguesa é aquele brasileiro de 31 anos chamado Jonas e que, no fim de contas, se trata exactamente do mesmíssimo Jonas que o Valência teve consigo e que castigou, isolou, humilhou e chutou para o mercado sem proventos nem dividendos, digam lá se isto não é coisa para confundir e fazer perder a compostura a todo e qualquer magnata de Singapura.
* As emoções de um campeonato como este, disputado taco-a-taco com o rival das últimas três décadas, distraem-nos de outros temas que não se prendam diretamente com a luta em vigor pelo título nacional.
É compreensível que assim seja, acho eu.
No entanto, bastou uma notícia vinda dos confins da Alemanha para despertar em todos ou, pelo menos, em quase todos, memórias de situações que, em tempos idos, fizeram furor. E que furor.
O caso das agressões aos stewards no Benfica-Porto de 20 de Dezembro de 2009, por exemplo, já foi resolvido na Justiça ou continua a vaguear pela sua senda gloriosa rumo à prescrição? Os cinco arguidos já se apresentaram em tribunal? E terão conseguido fazer valer a tese de que se agrediram os stewards foi em legítima defesa do seu bom nome? E quanto aos stewards, propriamente ditos, sempre são “agentes” do espetáculo ou provocadores contratados ou sacos de pancada para alívio de frustrações? Há novidades deste episódio, passados que são mais de cinco anos sobre a original ocorrência? A bem da verdade, a ocorrência nem sequer é extraordinariamente original. Ainda na semana passada, num jogo a contar para Taça da Alemanha entre o Leverkusen e o Bayern de Munique, o internacional bósnio Emir Spahic viu-se substituído nos instantes finais da partida e, a caminho do balneário, agrediu um steward que lhe apareceu pela frente. O defesa-central do Leverkusen alegou que tinha sido provocado pelo dito steward mas, para não perdermos mais tempo, o melhor será passar já a palavra ao senhor Michael Schade, director-geral do clube que Spahic representa. Ou melhor, representava.
E, como se não bastasse, ainda acrescentou o dirigente do Leverkusen:
Estes alemães, coitadinhos, devem ser malucos.
* Na última jornada da Liga o Benfica venceu por 5-1 a Académica. Dizer que foi melhor a exibição do que o resultado, que foi farto, já é dizer tudo sobre a exibição. Foi, na verdade, muito boa. A Académica apresentou-se na Luz teoricamente escalada para não sofrer golos mas cedo se viu goleada e desanimou.
Para além do caso sério que foi o Benfica a jogar à bola, o jogo não teve casos.
Os nosso rivais em não se podendo agarrar a decisões da arbitragem, argumento recorrente quando a nossa vitória é tangencial, insinuam sempre que o adversário estava feito com o Benfica quando o resultado é uma goleada como a que aconteceu no sábado.
Rapazes da Académica, é que nem se ofendam com isto. São os nervos.
Adiante.
* Por questão de lesões e também, provavelmente, de feitio, Enzo Pérez não tem sido feliz nestes seus primeiros tempos em Valência. Sosseguem, valencianos. O argentino também não foi nada feliz nos seus primeiros tempos no Benfica e depois foi o que viu.
É provável, no entanto, que o dono do Valência, o tal magnata de Singapura, seja uma pessoa impaciente e se exaspere por ver justificados os milhões investidos em Enzo.
E mais exasperado ficou, certamente, se os seus emissários lhe apontaram, em letra de relatório, que o substituto para Enzo inventado no Benfica, um tal Pizzi, enfim, é tão bom ou melhor do que a mercadoria entretanto adquirida.
Se não é, olhem bem, é o que parece.
Carrega, Pizzi!
* Antigamente, os jogos eram todos ao domingo e à mesma hora. Os adeptos iam sabendo pela rádio os resultados nos outros campos do país. Era emocionante.
Depois de amanhã vamos ter coisa parecida. Depois de muitas curiosas hesitações, a receção do Porto à Académica ficou, finalmente, marcada para a mesma hora da visita do Benfica ao Restelo.
Vão, assim, os dois que discutem o título jogar ao mesmo tempo. Vai haver uma corrida aos transístores de bolso. E não se esqueçam das pilhas.
* A linha da frente do Benfica fez maravilhas no sábado passado mas, em prol daquele espírito indispensável à revalidação do título, o melhor jogador em campo foi o André Almeida. Pelo que jogou, pelos dois golos que ofereceu, por ter sabido uma vez mais responder em pleno à necessidade de substituir um companheiro, por saber ser suplente sem nunca se queixar, por estar sempre disponível para a equipa em cada momento do jogo, por não nos deixar ficar mal.
Quando, já perto do fim do jogo com a Académica, Maxi Pereira conseguiu ver o pretendido cartão amarelo que o afasta do Restelo e o garante para o clássico seguinte, não deve ter havido adepto do Benfica que não pensasse com grande tranquilidade: “Não faz mal, com o Belenenses joga o André Almeida a defesa-direito …”
E este é um grande elogio porque, com toda a franqueza, substituir Maxi Pereira não é para qualquer um.
* E o “colinho” que o Bayern deu ontem ao Porto?
Tantas facilidades. Até pareciam a Académica na Luz.
Ou não pareciam?
Transpondo para o jogo de ontem no Dragão as palavras a que recorreu Miguel Sousa Tavares, por exemplo, para descrever a sugerida renúncia da Académica no jogo com o Benfica, também os jogadores do Bayern “assim que ouviram o apito inicial, não descansaram enquanto não viram a derrota feita, consumada e garantida.”
E nisso gastaram os alemães apenas 5 penosos minutos enquanto, voltando ao jogo da Luz, os jogadores da não-Briosa “nisso gastaram apenas 18 minutos”.
Estou, no entanto, plenamente convencida de que a Académica conseguirá fazer melhor do que o Bayern de Munique fez no Dragão.
Aliás, está no seu pleno direito.
submitted by veribaka to benfica [link] [comments]


É possível comprar imagens individuais? - FAQ Depositphotos